Eva Wilma – Reprodução/G1

Uma das atrizes mais veteranas das telinhas ainda em atividade, com quase 70 anos de carreira, Eva Wilma concedeu entrevista ao programa ‘As Vilãs que Amamos’, do canal Viva, e em desabafo emocionante, revela que desenvolveu um grande trauma durante sua fase jovem.

+ Ator Thiago Rodrigues assume namoro com professora portuguesa

+ Crise? Sertaneja Paula Fernandes sofre prejuízo com queda no cachê de shows

+ Letícia Sabatella surge aos beijos com atriz de 77 anos

Ela conta que sofreu um grave acidente de carro e precisou se submeter a inúmeras cirurgias de emergências, e teve apenas nove dias para poder se recuperar após o acidente. O caso aconteceu em meados de 1973, quando ela vivia as gêmeas Ruth e Raquel, na primeira versão de ‘Mulheres de Areia’.

A global, hoje com 85 anos, relembrou a tragédia e conta que tudo aconteceu após ela ter concordado em refazer fotos para uma revista, e dirigia seu fusca em São Paulo. “Eu fui sozinha, estava chovendo. Descendo a serra, tinha um caminhão mais ou menos do lado. Eu não lembro por que, mas meu carro derrapou. O Fusquinha entrou debaixo do caminhão, deu perda total. A lataria passou por aqui [na bochecha], cortou músculo”, disse. O afastamento de Eva durou apenas nove dias, e ela precisou passar por uma cirurgia plástica, mas precisava retomar às gravações.

“Eles colocaram de maneira que a minha cicatriz ficava totalmente em evidência. Ou seja, isso agravava os conflitos da minha Raquel. E eu estava com esparadrapo cirúrgico ainda”, lembra. Afastada das novelas desde que realizou uma participação especial em ‘O Tempo Não Para’, Eva acredita que o momento mais delicado da sua vida promoveu até mesmo a própria novela. “Isso foi uma comoção muito grande para o público também. Falavam: ‘A Eva Wilma quase morre porque a Raquel é muito má?'”, conta.

Eva Wilma em ‘Mulheres de Areia’ – Reprodução/Arquivo

Veja também:

Aos 69 anos, atriz global afastada da TV desabafa: “Minha vida não se resume às novelas”



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here