Flávio Tolezani-Reprodução/Globo)
Flávio Tolezani-Reprodução/Globo)

O ator Flávio Tolezani negou os rumores de que teria sido agredido nas ruas, por contra de seu personagem em “O Outro Lado do Paraíso“. Na trama de Walcyr Carrasco, ele interpretou o delegado pedófilo Vinicius.

Nos últimos capítulos, Vinícius foi condenado depois de confirmar o abuso que praticava contra a enteada, Laura (Bella Piero). O personagem foi morto na prisão pouco tempo depois. Preocupado com a reação do púbico, Walcyr Carrasco fez um apelo na internet pedindo para que as pessoas “não confundissem o ator com o personagem”.

Me ligaram perguntando se tinha acontecido alguma coisa. Achei bacana demais. Eles são muito cuidadosos. Me ligaram porque já aconteceu com outros atores lá atrás, [do público reagir nas ruas] com agressões física ou verbal. Essa confusão comigo não aconteceu. Não sei o porquê, mas ainda bem (…) [Não fui agredido] nem um pouco. Foi só carinho até agora“, disse ele em entrevista ao UOL.

Foi um ótimo personagem. Vejo isso pelo resultado artístico, a cena em si. Eu fiz o Roy, em ‘Verdades Secretas’, mas, até pelo distanciamento, eu acho que carrego esse [o Vinícius] como o mais difícil, o mais complicado, que demo mais complicado, que demandava uma delicadeza no comportamento dele, a de um psicopata“, avaliou Flávio.

O ator ainda ressalta a parceria e a química com outros atores do núcleo, como Bella Piero, Sandra Corveloni e Igor Angelkorte. “Isso acontece em jogo, nada se faz sozinho“, declarou.





1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here