Bruna Marquezine (Instagram/Foto: Raul Aragão)
Bruna Marquezine (Instagram/Foto: Raul Aragão)

Em seu Instagram, a atriz Bruna Marquezine resolveu publicar uma foto sua sem roupa e filosofou falando sobre compaixão. Veja o que ela escreveu abaixo:

“Ninguém está aqui para nos ferir. Todos estão ocupados com as suas próprias feridas. Cada um traz as suas dores, traumas, desafios e conflitos consigo mesmo. Na dificuldade ou resistência de olhar para dentro e lidar com as suas próprias questões, por vezes acabam por agredir o mundo externo. Vociferam, mentem, traem. Essas atitudes são, na verdade, um pedido de socorro que emana de suas almas aflitas”, escreveu ela.

Bruna ainda continuou: “Em vez de tomar a agressão do outro para si, revida-la ou amargar aquela decepção, podemos ser compassivos e devolver uma vibração diferente ao Universo. Entender a dor do outro. Perceber que aquilo que o outro faz a mim, ele faz antes a ele mesmo. O que você espera que o outro te dê nem sempre é o que o outro tem para te dar naquele momento. Cada um conhece e enfrenta a sinuosidade e percalços do seu próprio caminho. Se alguém disparar uma flecha contra você, permita que ela atravesse sem tocar no seu Ser. Seu espírito não se permite ferir ou se sentir afrontado. Reagir é apenas uma escolha sua. Lembre-se de que não existem apenas a agressividade ou a passividade. Entre elas, reside a serenidade. O puro estado do Ser. Aquele que compreende que somos todos um, mas que cada um se manifesta na Terra como forma única e singular. Cada qual com o seu tempo, suas dores, sua busca, suas ilusões e suas verdades. E feridas antigas, que todos estão lutando para cicatrizar”.

Logo, os seguidores começaram a elogiar a atriz global: “Toda linda, é um texto maravilhoso que nos faz refletir. Toda poderosa essa @brumarquezine”, comentou uma. “Que lindo! Amei”, escreveu outra.

Confira a publicação abaixo!

"Ninguém está aqui para nos ferir. Todos estão ocupados com as suas próprias feridas. Cada um traz as suas dores, traumas, desafios e conflitos consigo mesmo. Na dificuldade ou resistência de olhar para dentro e lidar com as suas próprias questões, por vezes acabam por agredir o mundo externo. Vociferam, mentem, traem. Essas atitudes são, na verdade, um pedido de socorro que emana de suas almas aflitas. Em vez de tomar a agressão do outro para si, revida-la ou amargar aquela decepção, podemos ser compassivos e devolver uma vibração diferente ao Universo. Entender a dor do outro. Perceber que aquilo que o outro faz a mim, ele faz antes a ele mesmo. O que você espera que o outro te dê nem sempre é o que o outro tem para te dar naquele momento. Cada um conhece e enfrenta a sinuosidade e percalços do seu próprio caminho. Se alguém disparar uma flecha contra você, permita que ela atravesse sem tocar no seu Ser. Seu espírito não se permite ferir ou se sentir afrontado. Reagir é apenas uma escolha sua. Lembre-se de que não existem apenas a agressividade ou a passividade. Entre elas, reside a serenidade. O puro estado do Ser. Aquele que compreende que somos todos um, mas que cada um se manifesta na Terra como forma única e singular. Cada qual com o seu tempo, suas dores, sua busca, suas ilusões e suas verdades. E feridas antigas, que todos estão lutando para cicatrizar." ? (fotos @brucamoreira ) (texto incrível da página @xamanismonatural que o querido @johnnyomassaro compartilhou comigo. Obrigada por dividir!)

A post shared by Bruna Marquezine ♡ (@brumarquezine) on



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here