Camila Pitanga/Instagram
Camila Pitanga/Instagram

Camila Pitanga teve uma papel importante ao incentivar Susllen Meneguzzi Tonani a prestar queixar contra José Mayer por assédio sexual no DAA (Departamento de Acompanhamento Artístico) da TV Globo.

As informações são do colunista Leo Dias, do jornal “O Dia”, que ainda noticia que a filha de Antônio Pitanga acabou sendo a autora intelectual da denúncia em uma espécie de RH da emissora carioca.

A artista, uma das famosas a aderir o movimento “Chega de Assédio”, também se queixou de José para alguns amigos quando gravava a novela “Mulher Apaixonadas“, em 2003. Ainda de acordo com a publicação, a namorada de Igor Angelkorte teria tido que era assediada pelo ator e que José não respeitava as chamadas normas do beijo técnico.

Na tarde desta terça-feira (4), Camila desabafou em seu perfil do Instagram e se disse emocionada ao integrar o time de estrelas da Globo, que pedem mudanças nas normas contra denúncias internas de assédio sexual.

“Emocionada. Emocionada pela construção de um novo normal, de um novo tipo de postura que busca transformar a sociedade para um berço mais caloroso para todas e todos.
Um movimento de mulheres, de todos os departamentos dentro da Rede Globo de televisão, unidas pela mudança da normalidade. Para dizer não ao que por tanto tempo foi neutralizado por medo.  Nós, atrizes e diretoras, que temos voz, nos tornamos realmente fortes quando nos vimos unidas com todas as mulheres da empresa. Eu, Camila, hoje, me senti empoderada pela força de cada uma de vocês. Sou muito grata por poder fazer parte desse passo. Que ele se estenda por todo lugar. Que vocês mulheres que nos viram em luta, sintam-se fortes para reagir sempre. Juntas, unidas. Não contra alguém em especial, mas pelo bem estar de todos”, escreveu ela.

Emocionada. Emocionada pela construção de um novo normal, de um novo tipo de postura que busca transformar a sociedade para um berço mais caloroso para todas e todos. Um movimento de mulheres, de todos os departamentos dentro da Rede Globo de televisão, unidas pela mudança da normalidade. Para dizer não ao que por tanto tempo foi neutralizado por medo. Nós, atrizes e diretoras, que temos voz, nos tornamos realmente fortes quando nos vimos unidas com todas as mulheres da empresa. Nos posicionamos em torno da ideia de sororidade. De que #MexeuComUmaMexeuComTodas. De que, em algum momento, não vai mais importar onde você está na escala de poder hierárquico. Você, mulher, será abraçada por todas nós. Porque é só assim que a gente fica forte. Eu, Camila, hoje, me senti empoderada pela força de cada uma de vocês. Sou muito grata por poder fazer parte desse passo. Que ele se estenda por todo lugar. Que vocês mulheres que nos viram em luta, sintam-se fortes para reagir sempre. Juntas, unidas. Não contra alguém em especial, mas pelo bem estar de todos.

A post shared by Camila Pitanga (@caiapitanga) on



3 COMENTÁRIOS

    • Ele que acabou com a própria carreira….Vc como mulher devia se comportar de outra forma
      E se fosse com vc??
      O q vc faria??
      Acharia normal??
      Fico abismada com a postura de algumas mulheres em relação a este caso!!!
      ?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here