Reprodução/Instagram/bettylago
Reprodução/Instagram/bettylago

Após encontrar memórias da atriz Betty Lago numa lixeira do Leblon, na Zona Sul do Rio, o catador Bruno Jesus Baptista, de 36 anos, ganhou uma segunda chance. Depois de conseguir devolver os pertences à irmã e à sobrinha da atriz, ele decidiu deixar de viver nas ruas e voltar para a casa da mãe, em Niterói, na Região Metropolitana, onde moram também os seus três filhos.

De acordo com a coluna Retratos da vida do jornal Extra, com uma pequena ajuda financeira que ganhou dos parentes da atriz, morta em setembro, Bruno comprou produtos como barbeador, sabonete líquido e escovas de dentes, e começou a revender o material num posto de gasolina próximo à Central do Brasil.

Bruno encontrou na semana passada objetos pessoais de Betty Lago, que morreu aos 60 anos no dia 13 de setembro, em decorrência de um câncer na vesícula. Entre os pertences achados numa lixeira no Leblon, estavam cartões de créditos, cartões-postais, agendas telefônicas, cadernetas de anotações, algumas cartas de amigos e uma medalhinha de Nossa Senhora de Fátima. Uma foto de um bebê e um livro com uma poesia escrita por ela quando tinha 19 anos.



3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here