Chay Suede e Laura Neiva / Instagram

O ator Chay Suede, que estará no próximo folhetim das nove, ‘Amor de Mãe’, está prestes a virar papai. Sua esposa Laura Neiva está gravidíssima e pode ter o filho durante as gravações.

Chay Suede faz aniversário e ganha declaração de Laura Neiva: ‘Feliz por estar mais um ano com você’

Em conversa com a Revista Quem, Chay Suede falou sobre as expectativas para a chegada da filha: “A Laura já entrou no no oitavo mês. A Maria pode nascer num período ou noutro. Mas deve nascer mês que vem a princípio. Estou muito feliz, muito mais feliz do que ansioso. Pensei que ia estar muito ansioso, mas estou bem menos do que eu imaginava”.

Em seguida, ele falou sobre a gravidez da amada: “A gestação foi uma delícia. A Laura está linda. Ela sempre foi linda, mas a gravidez parece que colocou um holofote em cima dela. E ela curtiu muito. Foi uma gravidez relativamente fácil comparada a outras gravidezes da minha família. Não estamos tão ansiosos porque a gestação está gostosa”.

Chay Suede muda o visual para novo personagem em novela

Para quem não sabe, o ator viverá na ponte aérea de São Paulo – Rio de Janeiro por conta das gravações. Mesmo distante de Laura devido ao trabalho, ele não medirá esforços quando a hora da filha vir ao mundo chegar: “Está tudo combinado, esquematizado, só estamos esperando ela chegar. A gente mora em São Paulo e o parto vai ser lá. Estou gravando a novela no Rio, mas é só apitar o sinal e corro para lá”.

+ Chay Suede fala sobre a criação da filha: “Vou ensinar que Deus é amor”

Também na entrevista, Chay Suede falou sobre seu personagem na próxima novela da TV Globo. Na trama, ele interpretará Danilo, filho único de Thelma, personagem de Adriana Esteves: “A relação de superproteção é mais evidente para quem está de fora do que para quem está  dentro. Conseguimos identificar uma mãe superprotetora ou um filho mimado à distância. Mas os dois, entre si, não percebem. E aí me pergunto: ‘que realidade é mais real? A de quem está de fora ou a de quem está de dentro?’ O personagem para mim surge num lugar de não julgamento. Não faço juízo de valor da relação dele com a mãe. Não julgo se é bom, se é superproteção ou não é”.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here