MSN

quarta-feira, 19 de junho de 2024

Condenada a mais de 50 anos de prisão, Flordelis é levada às pressas a UPA após sentir dores

Informações divulgadas pela Seap indicam que a ex-parlamentar sofria com dores nas proximidades do tórax, demandando medicação.

-

-

Colaboradores
Colaboradores
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!
Flordelis
Flordelis durante o seu julgamento – Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro/Divulgação

Flordelis dos Santos foi conduzida às pressas para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) instalada no Complexo Penitenciário de Gericinó, na cidade de Bangu (Rio de Janeiro), queixando-se de dores. A condução da ex-deputada federal à unidade de saúde aconteceu na tarde desta segunda-feira (14). Depois de um longo julgamento, a pastora evangélica foi condenada a mais de 50 anos de prisão em virtude do assassinato de seu marido, o pastor Anderson do Carmo.

- Continua após o anúncio -

Informações inicialmente divulgadas por meio da Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro) indicam que Flordelis apresentou dores pelo corpo. Por conta disso, a ex-deputada federal foi conduzida à unidade de saúde onde foi medicada, retornando à unidade prisional poucos minutos depois: “Após ficar em observação, a privada de liberdade foi levada de volta à unidade prisional”, explicou a nota.

Namorado de Flordelis se desespera após sentença da ex-deputada

Flordelis é condenada a mais de 50 anos de prisão

Após um longo julgamento, o Tribunal do Júri decidiu pela condenação de Flordelis pelo assassinato do pastor evangélico Anderson do Carmo. A dosimetria da pena, fixada em 50 anos e 18 dias de prisão, levou em consideração os crimes de homicídio triplamente qualificado consumado (motivo torpe, emprego de meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima), tentativa de homicídio duplamente qualificado, uso de documento ideologicamente falso (duas vezes) e associação criminosa armada.

- Continua após o anúncio -

Flordelis é condenada pelo assassinato do pastor Anderson do Carmo

De acordo com as apurações apresentadas pelo Ministério Público, Flordelis foi o cérebro do planejamento da execução do assassinato de Anderson do Carmo. Além de preparar toda a cena do crime, bem como simular um suposto latrocínio a fim de se livrar de uma condenação, a pastora evangélica conseguiu influenciar alguns dos seus filhos, tanto biológicos quanto adotivos, a fim de que participassem da trama criminosa.

- Continua após o anúncio -

Além dela, Simone dos Santos Rodrigues (filha biológica) foi condenada a 31 anos e quatro meses de prisão, ao passo que André Oliveira e Marzy Teixeira da Silva (filhos adotivos) e Rayane Oliveira (neta) foram absolvidos pelo Tribunal do Júri.

Colaborou: Henrique Furtado.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Colaboradores
Colaboradores
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!