MSN

sábado, 25 de maio de 2024

Fagner, jogador do Corinthians, surpreende com revelações sobre Vítor Pereira

Lateral do Timão expõe situações 'tensas' com o treinador e colegas de elenco

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Fagner do Corinthians
Fagner do Corinthians – Foto: ESPN Brasil

Fagner, jogador do Corinthians, acabou surpreendendo ainda mais os torcedores do Timão e, claro, do Flamengo ao fazer algumas revelações sobre a relação de Vítor Pereira com o elenco do clube alvinegro. Sendo assim, as falas do atleta acabaram viralizando nas redes sociais e, nesta quarta-feira, 08 de fevereiro, vem dando o que falar.

- Continua após o anúncio -

+ Benjamin Back, apresentador do SBT, rasga o verbo sobre Vítor Pereira: “fraco”

Dessa forma, durante entrevista ao programa “Bola da Vez”, da ESPN Brasil, Fagner acabou fazendo fortes declarações sobre Vítor Pereira. No entanto, de início, o jogador expõe a diferença de Lazaro e Vítor, e sobre o que mudou no Timão: “Eu acho tudo (diferente). Sinceramente, tudo. É o dia a dia. As instruções. A maneira de lidar, olho no olho. Foi muito difícil. Não só comigo, acho que com todo mundo. Desde que eu cheguei ao Corinthians, a gente sempre teve um ambiente muito bom. E no ano passado… A gente conseguiu ainda chegar em finais, poderia até ter ido melhor no Campeonato Brasileiro. Mas são coisas que as vezes fogem né, você tem que obedecer“, destacou ele.

Mais sobre Fagner e Vítor Pereira

Sendo assim, Fagner ainda lembrou de um jogo contra o Atlético Mineiro, aonde venceram por 2 a 0 em Minas e que o treinador ‘detonou’ seus próprios jogadores. “A partir do momento que você vai para a entrevista e expõe que seu time esta saciado, acho que você quer dizer que seu time não tem apetite pela vitória. Não tem fome de vitória. Como assim? Minha vida se resume a vencer. Saio de casa todo dia para treinar, para tentar evoluir, porque quero vencer. Minha vida inteira foi essa competição, assim como a de todos os meus companheiros lá. A gente se cobra. A gente se olha e fala: “Vamos, vamos, vamos”“, afirmou ele, deixando claro que o time ficou ‘rachado’ naquele momento e que muitos já não gostavam do técnico.

- Continua após o anúncio -

+ Galvão Bueno desabafa após o Flamengo ser humilhado no Mundial de Clubes e detona Vítor Pereira: “traíra”

Além disso, ele ainda completou: “Então, a partir do momento que você expõe, ‘ah, porque os atletas que voltaram de lesão…’. Ué, mas calma aí. No jogo passado tinha atletas que voltaram de lesão também que jogaram. Ganhou (do Atlético-MG). Por que você não falou a mesma coisa? Então eu acho que essa linha de “ganhou está tudo bom, perdeu eu vou expor um ou dois”… Acho que tem que ter um consenso. Ou eu vou expor mesmo, na vitória ou na derrota, ou não. Lá dentro eu resolvo meus problemas e aqui fora eu falo o politicamente correto“, explicou.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.