MSN

segunda-feira, 17 de junho de 2024

Falece aos 74 anos Max Lopes, o Mago das Cores, tricampeão do Carnaval do Rio de Janeiro

Max Lopes ficou conhecido como o Mago das Cores e passou por diversas agremiações do Carnaval do Rio de Janeiro.

-

-

Henrique Furtado
Henrique Furtado
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!
Max Lopes, o Mago das Cores
Max Lopes, o Mago das Cores – Twitter

Morreu na manhã deste domingo, dia 24 de setembro, o carnavalesco Max Lopes, aos 74 anos de idade. O óbito foi registrado na cidade de Maricá, onde ele residia. O artista ficou conhecido pelo apelido de Mago das Cores, sendo o campeão do Carnaval do Rio de Janeiro em 1984 com a escola de samba Mangueira. À época, a agremiação escolheu o tema Yes, Nós Temos Braguinha, para embalar o desfile vitorioso.

- Continua após o anúncio -

Anos depois, pela Imperatriz Leopoldinense com Liberdade! Liberdade! Abra as Asas sobre Nós, Max Lopes foi novamente campeão em 1989. Retornando à Mangueira, o carnavalesco foi campeão pela terceira vez em sua carreira em 2002 com Brasil com Z é pra Cabra da Peste, Brasil com S é nação do Nordeste.

Além das agremiações com as quais foi campeão, Max Lopes também acumulou passagens pela Vila Isabel, Santa Cruz, Unidos de Lucas, Grande Rio, dentre outras. Em 1990, com Só Vale o Escrito, foi campeão do grupo de acesso com a Viradouro. Nos últimos anos, o Mago das Cores enfrentou problemas de saúde com a descoberta de um câncer, contra o qual ele lutou até o seu óbito.

Morre Mário Monteiro, carnavalesco e cenógrafo da Globo

- Continua após o anúncio -

A morte do Mago das Cores rendeu uma onda de comoção no meio artístico, levando muitas escolas de samba a se manifestarem por meio das redes sociais sobre a perda. Pelo X, a Imperatriz Leopoldinense lamentou o falecimento de Max Lopes, enaltecendo a sua importância para a história da agremiação.

Ludmilla desfaz parceria com a Beija-Flor para o Carnaval 2024

- Continua após o anúncio -

“Anunciamos, com muita tristeza, o falecimento do Carnavalesco Max Lopes. Max iniciou sua trajetória na Imperatriz em 1977, com o Enredo ‘Viagens Fantástica às Terras de Ibirapitanga’ e foi campeão, em 1989, com o enredo ‘Liberdade! Liberdade! Abra as Asas Sobre Nós'”, publicou a escola. “Todos os Leopoldinenses lhe agradecem por toda dedicação ao nosso pavilhão. A Diretoria da Rainha de Ramos deseja muita força aos familiares e amigos. Que seja feita uma passagem de muita luz”, acrescentou.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Henrique Furtado
Henrique Furtado
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!