José de Abreu (Reprodução/ TV Globo)
José de Abreu (Reprodução/ TV Globo)

Após a condenação do ator José de Abreu, a pagar uma multa ao tradicional Hospital Israelita Albert Einstein, nessa última sexta-feira (6), o ator descobriu que pode mesmo contar com seus fãs mais fervorosos.
José de Abreu passou a receber donativos em dinheiro dos fãs, seguidores e internautas em geral, que sentem-se ‘representados’ pelas publicações que o ator vem postando em suas redes sociais.

 

A ‘vaquinha’ foi idealizada através de um site dedicado a arrecadação virtual de valores, e diz em sua introdução: “Vamos ajudar o Zé de Abreu a pagar a indenização imposta pelo judiciário na ação movida pelo Hospital Albert Einstein e o Zé ajudará instituições que cuidam de crianças com câncer e idosos, doando a mesma quantia alcançada na ‘vakinha’ somada ao valor excedente”.

Ninguém solta a mão de ninguém
Além da introdução para expor o motivo da ‘vakinha’, o site ainda traz a seguinte informação: “O autoproclamado Presidente do Brasil, Zé de Abreu, foi processado pelo Hospital Albert Einstein e condenado em 1a instância a pagar R$ 20 mil por ter tuitado sobre a suposta facada que teria vitimado o atual mandatário do País. Como a voz do Zé representa o que pensamos e achamos injusta a sua condenação, criamos essa vakinha para levantar o valor determinado pela Justiça. Com o valor arrecadado, o Zé de Abreu pagará o Hospital e o excedente juntamente com mais R$ 20 mil doará para instituições que cuidam de crianças e idosos. Lembrando que, não é pelo valor em si, mas pela afronta da extrema-direita em tentar nos calar diante das atrocidades que esta o acontecendo no Brasil. Se junte a essa corrente do bem!!! #NinguemSoltaAMaoDeNinguem”.

Valores
Na manhã desta terça-feira (9), com apenas dois dias de início, a ‘vakinha’ já contava com o montante de 19 mil reais. Na hora do almoço, já chega quase a 20 mil.
O valor de 20 mil foi a determinação judicial a ser paga pelo ator por danos morais Hospital Israelita Albert Einstein.

Repassando os valores
O ator José de Abreu informou que vai repassar o valor que for arrecadado.
Se esse valor exceder o montante de R$20mil, o ator informou que irá repassar o total para duas entidades de caridade.

A condenação do ator
José de Abreu foi condenado por publicar em rede social que o Hospital Israelita Albert Einstein teria colaborado na ‘elaboração’ da faca que Bolsonaro sofreu durante sua campanha, em Juíz de Fora (MG), em setembro do ano passado.
“Teremos um governo repressor, cuja eleição foi decidida numa facada elaborada pelo Mossad, com apoio do Hospital Albert Einstein, comprovada pela vinda do PMI israelense, o fascista matador e corrupto Bibi. A união entre a Igreja Evangélica e o Governo Israelense vai dar merda”, o ator publicou, mas já excluiu a postagem.

A Defesa
A defesa do ator informou que a postagem estaria ‘dentro dos limites da liberdade de expressão’.
Ainda assim, a juíza Claudia Carneiro Calbucci Rnaux, da 7º Vara Cível de São Paulo, entendeu que houve um certo excesso por parte do ator, e, baseada nisso, sentenciou multa de R$20mil reais. Isso pois, no início, o valor pedido pelo Hospital foi de R$100 mil.

Veja também:



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here