MSN

quarta-feira, 22 de maio de 2024

Filme com Wagner Moura supera produção estrelada por Bruna Marquezine nos EUA

'Guerra Civil' ultrapassou 'Besouro Azul' em bilheteria no último fim de semana nos EUA.

-

-

Cesar Nascimento
Cesar Nascimento
Redator de entretenimento com anos de experiência e conhecimento na área de engajamento social, marketing e edição. Já passei por vários portais, escrevendo sobre temas diversos, como cinema, games e muito mais. No Área VIP, tenho como foco trazer as últimas notícias sobre TV, famosos e Reality Shows.
Wagner Moura em ‘Guerra Civil’ – Foto/Divulgação/Miller Avenue Productions

Wagner Moura tem causado bastante repercussão com a produção da A24 chamada  “Guerra Civil“. Ele divide o elenco com Kirsten Dunst no longa estreado no último dia 12 nos Estados Unidos.

- Continua após o anúncio -

+ ‘Guerra Civil’ com Wagner Moura tem estreia antecipada nos cinemas

A produção inclusive ultrapassou a bilheteria de “Besouro Azul”, que conta com o estrelato de Bruna Marquezine, no último final de semana. O astro brasileiro interpreta o papel de um jornalista chamado Joel. Sua interpretação tem sido bastante elogiada por usuários norte-americanos.

De acordo com informações do site Apostagolos.com, o filme arrecadou cerca de US$ 25,5 milhões no fim de semana de estreia. “Besouro Azul”, da DC, estagnou nos US$ 25 milhões.

- Continua após o anúncio -

Sucesso de ‘Guerra Civil’ no exterior

O filme estrelado por Wagner Moura entrou para o ranking das 10 maiores bilheterias de estreia dos Estados Unidos, ficando na sétima posição, ultrapassando nomes como “Predadores”, estrelado por Alice Braga, e “Focus”, que conta com Rodrigo Santoro no elenco.

Wagner Moura revela curiosidade sobre preparação para ‘Tropa de Elite’: ‘Sinistra’

- Continua após o anúncio -

Em entrevista para o “Fantástico”, Wagner Moura revelou detalhes sobre o longa e disse que considera o seu personagem brasileiro, apesar de ele não ser definido como tal.

“Quando não é brasileiro, eu digo para as pessoas: olha, ele vai ser brasileiro por duas razões. Uma é porque eu acho que os personagens, eles são sempre um reflexo muito grande da gente, de quem nós somos”, explicou.

Segundo Wagner, ele representa uma grande parcela de brasileiros e imigrantes que falam com sotaque diferente. “E também por uma questão política todo personagem que eu faço aqui, eu faço questão de falar com o meu sotaque, do jeito que eu falo, porque eu represento uma parcela grande não só de brasileiros, mas de imigrantes que falam com acento diferente, com sotaque diferente”, contou.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Cesar Nascimento
Cesar Nascimento
Redator de entretenimento com anos de experiência e conhecimento na área de engajamento social, marketing e edição. Já passei por vários portais, escrevendo sobre temas diversos, como cinema, games e muito mais. No Área VIP, tenho como foco trazer as últimas notícias sobre TV, famosos e Reality Shows.