MSN

terça-feira, 28 de maio de 2024

Juliano Cazarré sobre a filha: ‘faremos o máximo para que ela vá o mais longe possível’

Juliano Cazarré explicou que a cardiopatia, hoje, representa o menor dos riscos contra a vida de Maria Guilhermina.

-

-

Henrique Furtado
Henrique Furtado
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!
Juliano Cazarré e Maria Guilhermina
Juliano Cazarré e Maria Guilhermina (Foto: Reprodução/Instagram)

O ator Juliano Cazarré, que está no ar na Rede Globo com a novela Fuzuê, a nova trama da faixa das 19h, ganhou destaque na mídia e nas redes sociais pela árdua batalha que enfrenta ao lado de sua esposa, Letícia, em prol da saúde da filha Maria Guilhermina. A criança enfrenta idas e vindas aos hospitais desde que nasceu em virtude de uma rara cardiopatia congênita identificada em seu coração, descrita na literatura médica como Anomalia de Ebstein.

- Continua após o anúncio -

Em entrevista concedida ao jornalista Lucas Pasin, do portal Splash UOL, Juliano Cazarré desabafou sobre os desafios que tem enfrentado ao lado da criança. O ator compreende que o quadro de saúde da caçula da família não é fácil, mas garantiu que todos os esforços serão empregados para que ela vá o mais longe possível. “Deus sabe onde ela vai conseguir chegar, e faremos o máximo para que ela vá o mais longe possível”, declarou.

De acordo com o ator, os problemas congênitos no coração são os menos relevantes atualmente, quando comparados às demais complicações que representam um risco ainda maior à vida da pequena. O quadro se tornou mais delicado após uma parada cardiorrespiratória que a deixou entre a vida e a morte, resultando em sequelas subsidiárias.

Juliano Cazarré atualiza estado da filha: “fez uma operação no coração”

- Continua após o anúncio -

“Ela nasceu cardiopata. Depois da para cardiorrespiratória se tornou, ainda, pneumopata e neuropata. Hoje em dia, o coração dela é o menor dos problemas”, desabafou.

Maria Guilhermina volta ao hospital e Letícia Cazarré faz apelo aos fãs: ‘Conto com as orações de todos’

- Continua após o anúncio -

O artista nutre expectativas de que, no futuro, a criança consiga melhorar a sua coordenação motora e exercer atividades típicas as pessoas de sua idade. “O que temos que fazer é que ela consiga respirar sem aparelhos e melhorar a coordenação motora. Tem que ser muito estimulada. Se Deus quiser, ainda vamos vê-la correndo no jardim, brincando e indo para a escola”, declarou.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Henrique Furtado
Henrique Furtado
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!