Luciano Huck/Reprodução Instagram

O apresentador Luciano Huck se manifestou sobre a compra de um jatinho particular após a confirmação de que ele foi contemplado com um empréstimo feito através do BNDES.

O marido de Angélica enviou um comunicado para a coluna da jornalista Monica Bergamo, da Folha, e explicou que fez o empréstimo e que ele foi quitado.

“A empresa Brisair, da qual sou sócio, comprou um avião produzido pela Embraer. Para tanto, fizemos um empréstimo transparente, pago até o fim, sem atraso. Tudo como manda a lei”, afirmou.

“O BNDES/Finame é um tipo e financiamento bancário concebido para favorecer a indústria nacional, abrindo-lhe condições de competir em pé de igualdade com produtores estrangeiros. Milhares de operações financeiras como esta foram realizadas, com único objetivo de estimular a produção, a aquisição e a comercialização de bens, máquinas e equipamentos produzidos no Brasil”, continua.

“A compra e o financiamento da aeronave foi feita por meio de um contrato absolutamente legal, sem vício, vantagem ou privilégio”, finaliza ele.

Tatá Werneck se pronuncia sobre polêmica com dupla sertaneja e pede desculpas

Entenda a polêmica

Sem papas na língua, o apresentador da TV Globo, Luciano Huck, decidiu fazer uma crítica ao governo do presidente Jair Bolsonaro. Um detalhe curioso é que o famoso teria mandado uma suposta indireta para ele, nesta última quarta-feira (14).

“Esse governo foi eleito de forma democrática, não acredito que ele é o primeiro capítulo da renovação, mas o último capítulo do que não deu certo”, disse. “Pessoas passam fome neste país. E tem gente que ainda diz que não se passa fome no Brasil. Não está vendo? O Brasil tem sete milhões de pessoas vivendo com dois reais por dia. É justo? Não é”, ressaltou, ao falar sobre a fome no Brasil. Saiba mais!

Veja também:



2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here