Mayra Cardi
Mayra Cardi / Instagram

A coach Mayra Cardi está sendo denunciada pelo Ministério Público por exercício ilegal da profissão, segundo informação do colunista Léo Dias.

A moça, casada com o ator, Arthur Aguiar, é sócia-proprietária da empresa ‘Seca Você Renove’, que presta consultorias sobre alimentação e vida saudável. Mayra não é formada em Nutrição, e sim como coach, por isso não poderia atuar nesta área.

Ainda de acordo com Léo Dias, a ação contra Mayra, inicialmente, foi conduzida pela Justiça do Rio, mas agora está temporariamente suspensa até que a Justiça de São Paulo possa assumir o processo. A empresa ‘Seca Você Renove’ atualmente funciona em solo Paulista.

Segundo uma prévia do processo, postada pelo Jornalista, “a prática ilegal da profissão se deu por meio virtual, embora não haja certeza de onde a autora (Mayra) prestava suas consultas, mas que é certo que o WhatsApp com prefixo de São Paulo é utilizado”.

O programa Fofocalizando, do SBT, falou sobre o caso na edição desta segunda-feira (15). De acordo com a atração, prints de conversas que comprovariam que Mayra atuaria dentro do espectro dos nutricionistas, estão anexados ao processo.

Mayra se pronuncia

Na segunda-feira (15) a coach resolveu comentar o caso, ainda dentro do ‘Fofocalizando’.

“No começo do ano passado, alguns nutricionistas entraram como se eu estivesse exercendo essa profissão. Eu sou uma empresária, trabalho com uma equipe que faz tudo para mim. Eu trabalho como coach”, disse ela. Mayra ainda completou: “No ano passado eu expliquei tudo”.

Ao programa, a ex-BBB alegou que trabalha com profissionais que possuem a formação adequada para a função.

Mayra Cardi posa com os filhos em forma de protesto

Já havia sido denunciada

A Revista Quem lembrou que em 2017, profissionais da área da educação física já haviam entrado na justiça contra Mayra pelo mesmo motivo.

Já em 2016, o Conselho de Nutrição afirmou que Mayra Cardi não é nutricionista, e não pode exercer a função atual. “Comunicamos que a Sra. Maira Cardi não é nutricionista inscrita no Sistema CFN/CRN e não está habilitada para exercer as atividades privativas do nutricionista, previstas na lei”, explicou a doutora Dolly Meth Simas, coordenadora da Comissão de Fiscalização da entidade.

Na época, o Conselho afirmou que a coach não foi acionada judicialmente por falta de provas documentais.

Confira também:

Mayra Cardi divide opiniões ao retornar para as redes sociais



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here