Neil Peart / Foto: Reprodução

O mundo do rock perdeu uma grande lenda. Morreu aos 67 anos o baterista e letrista da banda Rush, Neil Peart, em Santa Monica, nos Estados Unidos.

A causa da morte do música foi devido a um câncer no cérebro, que foi diagnosticado há cerca de três anos. O canadense era considerado um dos bateristas mais importantes da história do rock, e era referência no rock progressivo e em outros estilos, como o heavy metal.

Filho de jornalista morre ao cair do 5º andar em SP

A morte de Neil foi anunciada através de um comunicado nas redes sociais da banda: “É com os corações partidos e profunda tristeza que temos que compartilhar a terrível notícia que nosso amigo, irmão de alma e companheiro de banda por 45 anos, Neil, perdeu sua incrível batalha de três anos e meio contra o câncer de cérebro”, diz a nota.

“Pedimos que amigos, fãs e a mídia respeitem a necessidade de privacidade e paz da família nesse momento muito doloroso e difícil. Quem quiser expressar suas condolências pode escolher um projeto de pesquisa sobre câncer ou instituição de caridade e fazer uma doação no nome de Neil. Descanse em paz, irmão.”

O músico nasceu em 12 de setembro de 1952, em Ontario, no Canadá, e começou a estudar bateria quando tinha apenas 13 anos. Aos 18 anos ele se mudou para Londws e só voltou ao seu país de origem em 1972.

Morre, aos 51 anos, o eterno Pop da Selva

Dois anos depois ele se juntou ao Rush, que havia sido formada pelo guitarrista Alex Lifeson em 1968, mesmo ano em que entrou o baixista e vocalista Geddy Lee. Após a entrada de Peart, a banda se consolidou e se tornou um dos trios mais reconhecidos do rock.

A banda trazia letras cheias de referências literárias e encerrou as atividades em 2018.

Após passar mal, cantora de forró tem parada cardíaca e morre no Piauí



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here