MSN

quinta-feira, 20 de junho de 2024

Morre DJ Jamaika, lenda do rap brasiliense, aos 55 anos

A morte foi confirmada por amigos do cantor

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Morre DJ Jamaika - Foto: Redes Sociais
Morre DJ Jamaika – Foto: Redes Sociais

Morreu nesta quinta-feira, 23 de março, o rap brasiliense, DJ Jamaika, conhecido por ser uma lenda no segmento musical. Sendo assim, vale lembrar, que o artista lutava havia anos contra um câncer e estava internado no Hospital do Paranoá.

- Continua após o anúncio -

Dessa forma, a confirmação de seu falecimento veio à tona através das redes sociais, aonde amigos e fãs prestaram suas últimas homenagens. Em suma, Jefferson da Silva Alves nasceu em Taguatinga no dia 28 de outubro de 1967, mas somente começou a carreira em Ceilândia.

+ Morre Dona Neia, mãe de Zeca Pagodinho, aos 91 anos

Ainda é valido ressaltar que Jamaika foi pioneiro do Hip Hop Brasiliense, chegando a liderar o grupo de rap Álibi com seu irmão, Kabala. “Tô só observando”, “Rap do Piolho” e “Dois Maluco num Opala 71” são alguns do hits do artista, que o tornaram conhecido nacionalmente.

- Continua após o anúncio -

Confira abaixo a publicação:

- Continua após o anúncio -

Web lamenta morte de DJ Jamaika

Sendo assim, após a confirmação da morte do DJ Jamaika, a web disparou: “Descanse em paz! Você marcou nossa história da Ceilândia”, disse um fã. “Descanse em paz gênio, quem viveu ou vive a cultura do hip hop em brasilia tem a noção da sua importância. Sou muito grato por ter apreciado sua obra”, comentou outro. “Descanse em paz irmão! Faz barulho aí no céu pra gente !”, escreveu mais um.

+ Morre Lance Reddick, ator de ‘John Wick’ e ‘The Wire’, aos 60 anos

Além disso, outros internautas, também, prestaram suas últimas homenagens. “Mestre! Obrigado por tudo que fez pelo Rap DF! Obrigado por ter acreditado lá nos anos 80/90 que o Rap era o melhor gênero musical pra você expressar sua arte. Você sempre o nosso mestre da nossa cena. ESSE É O NOSSO VELHO IRMÃO JAMAIKA. Descanse em Paz”, expressou um. “Bom descanso mestre”, frisou mais um.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.