Divulgação/Record
Divulgação/Record

Ronaldo Miranda Ribeiro, motorista de Cristiano Araújo, concedeu uma entrevista ao programa “Domingo Show”, da Record, exibida neste domingo (16) e falou pela primeira vez sobre o acidente que causou a morte do cantor e da namorada Allana Moraes.

Ronaldo disse que Cristiano e a namorada, não usavam cinto de segurança. “Ele gostava de ir deitado no colo dela”, explicou. “Quando ele sentava na frente, eu nem precisava pedir. Ele [Cristiano] entrava e já o colocava. Mas atrás, ele ia deitado com ela. Infelizmente, eles estavam sem.”

Segundo Ronaldo, antes do carro capotar, ouviu o barulho de um pneu furado e logo em seguida perdeu o controle do carro. “Creio que estava acima de 130 quilômetros por hora”, afirmou.

Ainda na entrevista, revelou que após o acidente não teve mais contato com o Sr. João Reis, pai de Cristiano Araújo.






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here