Paulinho Vilhena/Youtube
Paulinho Vilhena/Youtube

Paulo Vilhena, que atualmente vive o misterioso Evandro em “Pega Pega”, abriu o jogo sobre sua intimidade na estreia do “Na Cama da Gata”, novo programa de Antonia Fontenelle no YouTube.

Em umas das revelações, o ator confessou já ter feito sexo a três e disse que a maioria dos homens tem esse fetiche:

Eu acho que é uma fantasia de 98% dos homens. E esses 2% estão indecisos se vão ficar como homens heterossexuais ou se vão debandar para o homossexual“, disse ele, que ainda opinou sobre a importância do sexo em uma relação amorosa: “Acho que é 100%. 100% da relação o sexo tem que estar presente“.

Ao ser questionado sobre fidelidade, o galã foi enfático: “Você fala de fidelidade e lealdade. Eu sou leal, mas quando falo que tô, vou estar com essa pessoa. Se a gente combinar ‘vamos abrir um mês’, vamos abrir um mês. Se falar ‘vamos ficar juntos e vamos abrir juntos’, declarou ele, que namora Amanda Gerardi.

Em outro momento do bate-papo, Paulo ainda revelou qual tipo de mulher que não o agrada: “Aquela mulher que é muito espalhafatosa, vulgar, com comentários sem critério, sem pensamentos, uma gritaria, um posicionamento radical. Pessoas assim não me interessam nem para uma conversa“, disparou ele que já foi casado com Thaila Ayala e namorou Sandy Leah.

Confira o vídeo:

Vilhena nega romance com Priscila Fantin e assume novo namoro

Em entrevista ao jornal “Extra”, Paulo negou os boatos de romance com Priscila e ainda revelou que está namorando, a gerente de marketing Amanda Beraldi, de São Paulo.

“Que isso? Pivô de separação? Imagina. Sacanagem. Nem sabia que estavam falando isso. Estou namorando, ela é de São Paulo”, esclareceu o ator.

Fê Paes Leme revela que perdeu virgindade com Paulinho

Fê Paes Leme participou do “Na Cama com Giovanna Ewbank” e revelou que sua primeira vez aconteceu com o ator Paulinho Vilhena aos 17 anos! A revelação aconteceu quando Fê e Gioh relembraram dos bastidores da série “Sandy & Junior”, sucesso na Globo de 2000 a 2002.

“Era inevitável porque não era o Paulinho Vilhena, era meu amigo do meu trabalho. Sabe o que foi muito louco? O Paulinho sempre foi um amigo meu, ele não era meu namorado. Eu perdi minha virgindade aos 17 anos, e foi engraçado porque a gente não vivia um romance, nem era namorado, nada disso. A gente tinha intimidade, era muito amigo, ficava de vez em quando e aí um dia me bateu um clique: ‘Chegou meu momento’. Eu avisei ele: ‘Vai ser amanhã’. Foi combinado”, entregou.

Colaborou: Paulo Freitas



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here