MSN

quarta-feira, 29 de maio de 2024

Presidente da CBF comunica paralisação do Campeonato Brasileiro em prol do RS

Ednaldo Rodrigues decidiu suspender duas rodadas da competição nacional

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF
Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF – Foto: SporTV

O presidente da CBF Ednaldo Rodrigues acatou o apelo da imprensa e times gaúchos e decidiu na noite desta última quarta-feira, 15 de maio, paralisar o Campeonato Brasileiro de 2024. De acordo com a nota oficial, apenas duas rodadas serão suspensas e o retorno dos jogos da liga nacional já tem data para voltar a acontecer.

- Continua após o anúncio -

Em nota oficial, a CBF comunicou a decisão acatada por Ednaldo Rodrigues: “Após consultar os 20 clubes participantes da Série A do Campeonato Brasileiro e receber o pedido de 15 equipes pela suspensão da competição até o dia 27 de maio, a CBF reitera o compromisso público assumido de transparência e diálogo pela atual gestão e suspende as rodadas 7 e 8 do certame“, publicaram.

+ Galvão Bueno detona CBF após renovação de Carlo Ancelotti com o Real Madrid: “vergonha”

Como anunciado, a competição ficará suspensa somente até o dia 27 de maio. Até o momento, os times gaúchos seguem sem jogar as competições nacionais e da Conmebol.

- Continua após o anúncio -

Veja a nota oficial:

Post de CBF – Instagram

Ednaldo Rodrigues fala sobre paralisação do Brasileirão

Em entrevista ao ‘SporTV’, após acatar o pedido da imprensa e dos times, Ednaldo explicou: “Não pensamos em estourar. O objetivo é terminar o calendário em 2024. Se não, impacta ainda mais no calendário de 2025, que já está bastante cheio“, disse o presidente da CBF em Bangkok, na Tailândia, onde participa do Congresso da Fifa.

- Continua após o anúncio -

+ Carlo Ancelotti volta a comentar sobre acordo com a CBF

É a democracia. Temos que trabalhar ouvindo todos os clubes, todas as federações estaduais. Agora, neste contexto, a CBF vai fazer uma engenharia criteriosa para que possamos amenizar a sobrecarga de jogos para os clubes“, pontuou. “Vamos fazer tudo o que for possível para não trazer nenhuma consequência maior para os clubes. O objetivo é que tenham rendimento técnico para representar bem nosso país nas competições internacionais“, completou.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.