MSN

quinta-feira, 23 de maio de 2024

Sonia Abrão detona Simaria: ‘cala a boca’

Sonia Abrão aproveitou o seu espaço no programa A Tarde é Sua da RedeTV! para criticar uma recente entrevista concedida por Simaria.

-

-

Colaboradores
Colaboradores
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!
Simaria - Foto: YouTube
Simaria – Foto: YouTube

Simaria concedeu entrevista ao programa PodCats, transmitido no YouTube na noite da última terça-feira (08), oportunidade na qual tocou sobre diversos assuntos com relação à sua vida pessoal. Porém, a participação da cantora sertaneja foi alvo de críticas levantadas pela apresentadora Sonia Abrão durante o programa A Tarde é Sua, transmitido pela RedeTV! nesta quarta-feira (09).

- Continua após o anúncio -

De acordo com a apresentadora, a cantora deveria ser “interditada” de modo a não dar novas entrevistas. Segundo ela, a artista apresenta um vocabulário “de quinta categoria”, além de falar inúmeras besteiras.

Treta! Andressa Suita rebate Simaria após polêmica sobre Gusttavo Lima

“Toda entrevista da Simaria é um desastre. Cala a boca, Simaria […]. E o palavreado é de quinta. Eu fico com pena da Simone”, começou dizendo. “Ela fala: ‘acham, vão julgar que achei meu periquito no lixo’. A gente conhece como ‘periquita’. Só se ela tiver um bilau e a gente ainda não tem conhecimento”, ironizou.

- Continua após o anúncio -

Na sequência, Sonia Abrão criticou uma afirmação de Simaria no sentido de que o seu estômago não admite “comida de pobre”. A apresentadora recordou o grande número de pessoas que passam fome no país, além de que, no passado, a própria sertaneja já enfrentou dramas desta natureza.

Simaria rasga o verbo e nega romance com DJ Ivis: “Periquito no lixo”

- Continua após o anúncio -

“Foi lamentável. E ainda falar que a barriga dela não aceita mais comida de pobre. Vocês viram a sequência de coisa horrorosa? Não dá pra elogiar e nem pra passar pano em coisa nenhuma aí não, gente. O pessoal ri, acha bonitinho porque acredito que não pegam o verdadeiro sentido disso, que esquece que estamos em um país com 33 milhões de pessoas em insegurança alimentar, passando fome, não tendo o que comer. A situação é séria. Muito menos ela, que já passou por esse tipo de coisa, já viveu esse drama e agora está falando que a barriga não aceita comida de pobre quando tem gente que nem comida tem”, disparou.

Colaborou: Henrique Furtado

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Colaboradores
Colaboradores
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!