Tarcísio Meira reprodução Instagram
Tarcísio Meira reprodução Instagram

O ator veterano da TV Globo, ao falar sobre a sua volta ao teatro, no espetáculo ‘O Camareiro’, Tarcísio Meira acabou fazendo uma reflexão sobre a vida, ao relembrar a morte do cantor sertanejo Juliano Cezar.

+ Sertanejos lamentam morte do cantor Juliano Cezar

Em conversa com a Revista Quem, o ator Tarcísio Meira estava falando sobre o retorno aos palcos, quando relembrou Juliano Cezar, que morreu enquanto realizava um show de infarto fulminante:

Claudia Raia encanta ao posar ao lado da família e dos atores Gloria Menezes e Tarcísio Meira

“Acho que qualquer ator pode se identificar com esse personagem. Nosso trabalho é muito difícil e cansativo, mas também muito prazeroso e enriquecedor. Se é uma coisa que o ator não pensa é em se aposentar e parar de atuar. Claro que ninguém quer morrer no palco. Esses dias vi um sertanejo que morreu no palco (Juliano Cezar teve um infarto fulminante durante um show). Achei tão triste, espero que não aconteça comigo e nenhum de nós. Mas não penso em me aposentar, parar. Agora, sendo realista, depois desta peça, não vou fazer outra. Estou indo para os 85 anos, estou velhinho. Não acredito que surja um outro personagem que eu possa fazer” disse ele.

+ Tarcísio Meira revela como foi seu primeiro beijo em Glória Menezes e arranca risos

No auge de seus 85 anos, Tarcísio Meira falou sobre o envelhecimento, que para ele é uma coisa muito chata: “Não tem nada de melhor na velhice, tudo é pior. Envelhecer é uma coisa muito chata. Tem limitações física e intelectuais cada vez maiores. A memória não é mais a mesma. A morte está aí. Qualquer hora ela chega. Que chegue bem. Não penso muito nisso. Me preocupo em ficar bem, cuidar da minha saúde, não saio por aí fazendo loucuras. Faço as minhas consultas, vejo as coisas que estão erradas comigo e procuro corrigi-las, faço academia, minha ginastiquinha… Não faço tanto quanto deveria, mas faço”.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here