Thais Carla (Foto: Reprodução/YouTube)

A dançarina Thais Carla utilizou o seu canal do YouTube nesta sexta-feira (5), para mostrar aos seus inscritos as dificuldades de quem luta contra a balança para conseguir andar de avião. No vídeo, a artista relatou sobre os impasses para se adequar aos assentos no aeroporto, ao embarque no avião.

“A primeira dificuldade é o assento do embarque. Me machuca. Não dá para sentar. Minha banha fica para o lado. Você já chega no aeroporto, para esperar já é desconfortável, imagina dentro do avião?”, relatou. “O cinto para no meio da minha barriga. Quando a pessoa da frente reclina a poltrona, fica um espaço de um dedo entre a minha barriga e a bandeja em que a gente come”, reclamou a também modelo, em gravação dentro da aeronave.

A dançarina da cantora Anitta destacou o quão é importante uma melhoria nos assentos para quem estar acima do peso. “Eu tenho que mostrar a realidade de uma pessoa gorda em um avião. Esse vídeo não é para você sentir mais medo de pegar um avião, é para expor. Eles que têm que ter vergonha. Do jeito que fazem os transportes, não têm um pingo de sensibilidade com nada. É bem chato”, afirmou ela, que é representante e integrante do movimento contra gordofobia.

Dentre outros momentos constrangedores, Thais destacou quando tentou ter acesso ao banheiro, mas teve de esperar o avião pousar para poder entrar no local. Por fim, ela desabafou sobre a falta de inclusão para todos os tipos de físicos: “As empresas têm que entender que não existe só um tipo de corpo. Têm os anões, os cadeirantes, eu que sou gorda, os altos…”, concluiu.

Bailarina plus size, a digital influencer passou a integrar no time de bailarinas de Anitta logo após sua aparição no clipe da música ‘Paradinha’, ainda em meados de 2017. Ela também já pôde ter sido vista em quadros do ‘Domingão do Faustão’, onde faturou prêmios em dinheiro, e foi bailarina do extinto programa ‘Legendários’, de Marcos Mion, durante quatro anos.

Veja o vídeo!

Veja também:

Anitta fala sobre preconceito contra funk: “Espero que um dia acabe”



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here