Globo adia projeto de simulação para a volta das gravações das novelas

A emissora quer aprimorar os protocolos de segurança devido a pandemia do novo coronavírus

Ludmilla volta a falar sobre briga com Anitta

A cantora Ludmilla voltou a falar sobre a confusão com a ex-amiga Anitta e o que pensa sobre traição; veja o que ela falou sobre os assuntos!

Paula Fernandes relembra grave doença

A cantora sertaneja Paula Fernandes também comentou como fez para superar e o que aprendeu com tudo isso.

Nego do Borel quebra o silêncio sobre suposta agressão em Duda Reis

Nego do Borel, em entrevista, quebrou o silêncio sobre a suposta agressão que fez em Duda Reis, sua namorada.

Sertanejo Zé Felipe surge de sunga e ‘volume’ rouba a atenção

O cantor sertanejo Zé Felipe deixou alguns fãs de queixo caído ao surgir apenas de sunga; veja todos os detalhes e a foto que ele compartilhou.

Toni Garrido faz desabafo: “Me sinto um ET”

-

Toni Garrido – Reprodução: Instagram

O cantor Toni Garrido, vocalista do grupo Cidade Negra irá realizar uma live para lá de especial nesta quarta-feira 13. Em conversa com o jornal carioca Extra, ele comentou sobre o assunto e fez um convite especial a todos.

+ Festa de Réveillon com famoso cantor acumula dívida alta da edição anterior

Primeiramente, Toni Garrido comentou como vem sendo a sua rotina nesta quarentena: “Tenho a gratidão de ter uma família e uma casa. De ter a quem olhar e quem olhe por mim. Tenho a minha mãe para cuidar, minhas filhas, minha mulher e minha irmã. Um montão de mulheres à minha volta que estão necessitadas de mim e eu delas”, iniciou.

Segundo Toni, as lives são uma forma do artista se conectar aos fãs e não deixá-los de mãos atadas: “Entendo que esse é o primeiro argumento de uma nova história. Para não deixar as pessoas sem nada, você começa a fazer as coisas com o que tem na mão. Mas isso vem sendo preparado há 20 anos. Lá atrás, escutávamos: “Ei, rapaz! Ei, moça! A sua vida vai caber num palmo de megapixel””, disse ele.

+ Toni Garrido solta palavrão ao vivo no ‘Domingão do Faustão’

Ele continuou: “No início, transformaram as nossas músicas em ringtones. Hoje, essa tecnologia evoluiu e nos transformou quase que numa projeção holográfica em 8D. Acho normal que as lives estejam aí, mas a gente precisa encontrar formas de o mercado corporativo pagar por elas. Tem um mundo de profissionais por trás de um artista que também precisa sobreviver”.

+ Seguranças barram Toni Garrido em show na Bahia

Também na entrevista, Toni Garrido revelou que se sente diferente: “Às vezes, me sinto um ET. Perto de determinados grupos tenho esse sentimento. Para uma outra parte, me sinto como um vírus. Porque pelo olhar eles questionam: “O que esse cara está fazendo aqui?”. Agora, quando faço uma palestra e um garoto preto me agradece por eu estar ali, aí me sinto importante. Precisamos de representatividade”.

Victor Arioli
Jornalista diplomado com passagem pelo portal IG. No portal Área VIP é redator especialista em informações sobre o mundo das celebridades e da telinha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você por dentro!




site statistics