Domingos Montagner (Reprodução/Globo/ Foto:Caiuá Franco)

A trágica morte de Domingos Montagner está completando um ano nesta sexta-feira, 15 de setembro! O ator faleceu aos 54 anos após se afogar no Rio São Francisco durante intervalo das gravações de “Velho Chico”.

A perda do ator chocou não apenas o universo dos famosos, mas o Brasil inteiro. Na época, a fatalidade gerou incontáveis homenagens e mensagens emocionantes nas redes socais.

Para lembrarmos da linda trajetória do ator, nós, do Área Vip, listamos alguns papéis de Domingos que ficarão para sempre marcados em nossa memória. Relembre!

Divã

Essa minissérie da Rede Globo foi responsável por tornar Domingos Montagner conhecido pelo público, emplacando de vez uma carreira de sucesso na televisão. Na trama, o ator teve destaque ao atuar como o sedutor Carlos, homem casado que se relacionava com a personagem principal da história, Mercedes, interpretada por Lilia Cabral.

TV Globo/Luiz C. Ribeiro
Lilia Cabral e Domingo Montagner em “Divã” (Reprodução/TV Globo/Luiz C. Ribeiro)

 

Cordel Encantado

Quem não lembra do capitão Herculano? O personagem de Domingos na novela das 18h era uma espécie de Lampião, visto pelo nordestino como um grande herói do cangaço. Na trama, o ator contracenou com Débora Bloch, intérprete da vilã Úrsula. A química entre os atores em cena fez do casal um dos mais populares da novela. Cauã Reymond também foi parceiro de Domingos nessa trama que conquistou o público da emissora carioca.

TV Globo/Zé Paulo Cardeal
TV Globo/Zé Paulo Cardeal

 

O Brado Retumbante

Domingos interpretou na minissérie o político Paulo Ventura, que acabou se tornando presidente da república após a morte do então presidente e de seu vice. Ao mesmo tempo em que o personagem enfrentou o desafio de assumir o cargo, em casa, o político precisava manter um casamento de aparência, infeliz e cheio de traições com Antônia, interpretada por Maria Fernanda Cândido. O sucesso de “O Brado Retumbante” teve oito capítulos.

TV Globo/Estevam Avellar
TV Globo/Estevam Avellar

 

Salve Jorge

Na novela sucesso da faixa das 21h, o desafio era viver o sedutor Zyah, que sempre morou nas montanhas da Capadócia. O ator conquistou o telespectador e logo se tornou o queridinho da história, arrancando suspiros e emocionando ao protagonizar um triângulo amoroso com as personagens de Cleo Pires e Tania Khalill.

João Miguel Júnior/TV Globo
João Miguel Júnior/TV Globo

 

Joia Rara

Mundo, personagem de Domingos no folhetim era irmão de Amélia (Bianca Bin), líder nato, trabalhador na fundição Hauser. No folhetim de época, tornou-se deputado para lutar pelos direitos dos trabalhadores. Seu par romântico foi Carolina Dieckmann, intérprete de Iolanda.

Fábio Rocha/TV Globo
Fábio Rocha/TV Globo

 

Sete Vidas

Primeiro protagonista de Montagner em novelas! Miguel, era um homem com um passado sofrido que decidiu viajar de barco para fugir de seus problemas e acaba sofrendo um acidente. Ele sobrevive ao acontecido, mas é dado como morto. Antes da viagem, Miguel havia doado sêmen para uma clínica e acabou se tornando pai de seis filhos. Em paralelo, o aventureiro vivia um romance conturbado com Lígia (Débora Bloch) que acabou engravidando antes do desaparecimento. O papel marcou mais um trabalho em parceria com Débora Bloch e consagrou Domingos como um ator de qualidade e grande popularidade.

TV Globo/João Miguel Júnior
TV Globo/João Miguel Júnior

 

Velho Chico

Um personagem que emocionou e sempre será lembrado: Santo dos Anjos! O sucesso desse trabalho não está apenas por ter sido o último de sua carreira, mas também por ter mostrado outras qualidades do artista. Desta vez, Camila Pitanga o acompanhou na história.

TV Globo/Reprodução
TV Globo/Reprodução

Por esses motivos e por muitos outros, Domingos Montagner segue intacto na nossa memória!






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here