MSN

sábado, 13 de julho de 2024

Vitória de Kleber Lucas e Caetano Veloso no Prêmio Multishow divide opiniões: “Palhaçada”

Cantor venceu a categoria 'Cristã do Ano' com o clássico de 6 anos atrás, 'Deus Cuida de Mim'

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Kleber Lucas no Prêmio Multishow 2023
Kleber Lucas no Prêmio Multishow 2023 – Foto: Multishow

O Prêmio Multishow 2023 segue dando o que falar pelas redes sociais, principalmente após artistas como Kleber Lucas e Caetano Veloso, conquistarem a premiação, desbancando grandes nomes da atualidade. Vale frisar que, o cantor gospel conquistou o troféu na categoria ‘Cristã do Ano‘ por conta do seu feat com Caetano Veloso na canção, ‘Deus Cuida de Mim‘, está feita há mais de 6 anos.

- Continua após o anúncio -

Dessa forma, por meio das redes sociais, diversos internautas reagiram com ‘indignação’ a academia premiar uma canção que não é atual, deixando outros nomes como Ana Beatriz e Gabriela Rocha para trás. “Visualização no YouTube: ‘Deus Cuida de Mim’ 2,9 milhões, ‘Me Atraiu’ 147 Milhões, ‘Deserto’ 302 milhões. Que marmelada Multishow. Quando forem fazer isso sejam mais coerentes“, disparou um.

+ Confira todos os vencedores do Prêmio Multishow 2023

Outro, ainda, lembrou: “O interessante foi ele agradecendo ao terreiro de candomblé da cidade dele“, criticou. “Palhaçada! Não me representa“, afirmou mais uma. “Kleber Lucas virou militante, a Globo automaticamente presenteia ele com uma música de 10 anos atrás kkk“, disparou outro.

- Continua após o anúncio -

Confira abaixo a repercussão:

- Continua após o anúncio -

Discurso de Kleber Lucas no Prêmio Multishow 2023

Vale frisar que, após conquistar a premiação, Kleber Lucas declarou: “Sou mais um filho da favela, de uma mãe solo, mãe preta que criou os filhos sozinha, onde não tínhamos o que comer. Nesses momentos fui criado entre a Assembleia de Deus e os terreiros de candomblé lá na favela da Coreia, de São Gonçalo, onde eu nasci. Essa música representa que as religiões podem conviver em harmonia. Agradeço a Caetano Veloso por esse momento lindo, obrigado”, disse o cantor gospel, sendo aplaudido de pé pela plateia e principalmente por Caetano Veloso, que não subiu ao palco ao lado dele.

+ Simone Mendes chora ao vencer categoria ‘Sertanejo do Ano’ no ‘Prêmio Multishow’

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.