Ronaldo Fenômeno – Reprodução/Instagram

Mais uma vez Ronaldo Fenômeno tem problemas em seu apartamento na cobertura de um prédio no bairro Jardins, em São Paulo. Na última terça-feira (08), o ex-jogador foi proibido judicialmente de continuar a reforma que estava fazendo no imóvel, segundo informações do portal UOL Esportes.

A liminar foi emitida pela 36ª Vara Civil, em nome da juíza Paula da Rocha e Silva Formoso, e o seu não-cumprimento tem como punição a multa diária de R$1 mil, para quem a Justiça entender como o responsável por infringir a determinação judicial. O craque foi notificado por iniciar a reforma depois que colocou a cobertura como parte da compra de uma mansão em São Paulo. Para que o negócio fosse realizado, Ronaldo precisava entregar a cobertura com a planta original até o início deste ano.

A suspensão da reforma e de modificações na cobertura foram pedidas até que haja a entrega dos documentos que comprovem a regularidade da reforma, mesmo que Ronaldo tenha contratado a obra, já que agora o imóvel pertence à antiga proprietária da mansão comprada por ele. Segundo o portal, houve a procura pela reportagem à assessoria do Fenômeno, decidiu não se pronunciar sobre o assunto.

Após revisão, justiça abaixa valor da pensão da filha de Simony com ex-jogador

Problemas antigos

Ronaldo tem problemas antigos com essa cobertura. Em 2011, o Fenômeno pagou R$500 mil por um projeto para construir uma piscina de vidro e para unir duas coberturas do prédio e transformá-las em apenas uma. O jogador acabou processado pela vizinha do andar de baixo, que comprovou infiltrações.

Com o caso, o jogador processou a empresa contratada, o arquiteto e o engenheiro responsáveis e pede de volta o valor pelos serviços não prestados, uma indenização e mais uma multa pela quebra do contrato firmado na época.

Em 2018, o jogador iniciou as reformas para entregar a cobertura de acordo com o projeto da planta original e recebeu a notificação após a mesma vizinha reclamar legalmente sobre a reforma.

Confira também:

Claudia Raia e Miguel Falabella são condenados a pagar R$ 2 milhões



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here