Divulgação/TV Globo

Natalie (Deborah Secco) está na pior desde que Cortez (Herson Capri) fugiu do país. Nem posar para uma revista masculina ela pode, já que o banqueiro mandou um capanga ameaçá-la de morte caso ela ousasse se aproveitar do escândalo para atrair flashes. A única saída que ela encontra é fazer uma proposta para Wagner (Eduardo Galvão) e, para isso, ela o convida para ir a um motel.

“Eu estou no limbo, Wagner. Continuo casada no papel, mas não tenho marido, não tenho grana, e ainda sou ameaçada pelo Horácio… Eu preciso de alguém forte, que me proteja, que me ajude…”, tenta a loira, se insinuando.

Quando ele entende aonde ela quer chegar, manda a real: “Natalie, a quantidade de erros de avaliação que você comete é assustadora. O buraco é mais embaixo. Você acabou de sentir o poder que o Cortez tem. Apesar de ele estar longe, esse poder não vai relaxar, enquanto ele se sentir traído por você.”.

Wagner ainda completa: “Eu, enfrentar o Cortez? Eu tenho amor à minha pele! Eu te desejo toda a sorte do mundo, mas este foi o nosso último encontro.”

“Não faz isso, não me deixa sozinha!”, se desespera Natalie, enfatizando que Wagner tem atração por ela.

“Tenho, e muito. Só que é mais negócio eu arranjar outra mulher, não tão perfeita quanto você, mas que não me coloque em risco de vida. Foi ótimo enquanto durou”, responde Wagner na maior calma, antes de deixar um dinheiro para o táxi e sair.

A cena que vai ao ar nesta sexta, 12/08.





DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here