Serginho Groisman irá mostrar o sensível trabalho da ONG Caruanas do Marajó Cultura e Ecologia, no município de Soure, no Pará, que cuida da valorização da cultura na ilha. No estúdio, Groisman conversará com a fundadora do projeto, a pajé Zeneida Lima.

Fundada em 2001, a entidade tem como objetivo proporcionar o acesso à educação para 360 crianças da comunidade carente de Marajó. O programa irá acompanhar de perto como é feito esse trabalho na Escola da Floresta, que mostra uma nova perspectiva de futuro para as crianças e jovens carentes da ilha. Na escola caruana, as crianças aprendem na prática sobre a riqueza e a diversidadade do ecossistema. Nas oficinas de geração de renda, conhecem as técnicas da cerâmica e do artesanato.

No estúdio, Serginho e a pajé Zeneida debaterão sobre as tradições indígenas e ecologia, e de como é possível aliar a vida moderna sem perder os costumes tradicionais da região. Na entrevista, Zeneida explicará como teve a ideia de criar essa ONG, que surgiu por influência da amiga Rachel de Queiroz. “Para mim, o futuro da humanidade está na educação, por isso que estou dando educação para essas crianças, para amanhã eles também saberem amar e preservar a natureza. E que possam tirar o proveito das florestas sem destruí-las”, conclui Zeneida Lima.

Dez anos no ar

O programa Ação estreou no dia 11 de dezembro de 1999, como parte do projeto Brasil 500 Anos, da Rede Globo. Inicialmente ele teria 20 edições, mas passou a ser uma atração fixa na grade da emissora. Durante esses dez anos, foram mais de 800 projetos visitados.

O Ação acompanhou o amadurecimento do Terceiro Setor, inclusive em relação aos temas e hoje fala de meio ambiente, de sustentabilidade, de geração de renda, de inclusão, de responsabilidade social e também de educação.

O Ação vai ao ar aos sábados, logo após o Globo Universidade.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here