Dolores apresenta a dupla Mary Hilda e Zé Trovão. Enquanto isso, o contrabandista se aproxima de Maria Lua e é observado pelos policiais. Vitória Imperial anuncia Ana Raio, que encanta o público com sua apresentação. Maria Lua entrega a sacola e o delegado dá voz de prisão ao contrabandista. Ele reage e usa Ana Raio como escudo. Depois de uma grande confusão, ele foge no cavalo da peoa, mas antes deixa cair as marionetes e os diamantes se espalham na arena. Ao ver Ana e Maria Lua conversando, Ubiratan se aproxima e leva a menina embora. Ana Raio fica intrigada ao ver o relicário no pescoço do tabelião e decide ir atrás dele. Dolores se aproveita da situação e acusa Ana de estar envolvida no contrabando de diamantes. Zé Trovão tenta alcançar o homem que roubou o cavalo de Ana e fica no meio do fogo cruzado do bandido com a polícia. Leopoldo fica furioso ao ficar sabendo o que aconteceu, desconfia de Ubiratan e ameaça acabar com a vida dele. Sem saída, ele acusa Luiza de ter avisado a polícia. Ela confirma e Leopoldo não hesita em matá-la. Maria Lua fica estarrecida ao ver Luiza morta e o pai de arma em punho. Ana chega à casa de Leopoldo no exato momento em que Maria Lua grita desesperadamente que seu pai é um assassino e foge no cavalo de Ana Raio. Ubiratan sai da casa e dá de cara com a peoa que pergunta sobre o relicário. Ele vai embora sem dar explicações e Ana decide seguí-lo. Leopoldo fica estarrecido quando Niltinho diz que Maria Lua fugiu no cavalo de Ana de Nazaré e vai atrás dela.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here