Casa reformada, mais interatividade, participantes sorteados são alguns dos ingredientes do Big Brother Brasil 4, que promete grandes histórias para quem gosta de bisbilhotar. No dia 13 de janeiro, os 12 integrantes – aos quais se juntam, no dia 15, mais dois concorrentes – embarcam para uma temporada de até três meses na Central Globo de Produção, em Jacarepaguá. Como na última versão, os telespectadores contarão com um pré-programa para conhecer os concorrentes e votar em dois deles para entrar na casa. A grande novidade fica por conta da promoção “Quero ser um Big Brother” que abre as portas do jogo para um homem e uma mulher. “É mais um recurso, mais uma chance. A idéia é arriscar e apostar no grupo”, define J. B. de Oliveira, Boninho, diretor de núcleo do programa.

O sorteio da promoção será realizado no dia da estréia e a produção terá 24 horas para encontrar a dupla, que participou enviando os cupons da revista do BBB4 disponíveis nas bancas.  Se os “sortudos” atenderem o regulamento, entram na disputa pelos R$ 500 mil já no dia 15. Outras 14 pessoas também serão contempladas. Cada uma será responsável por organizar a torcida de um dos participantes e ganhará uma televisão. O “padrinho” do vencedor receberá ainda um carro 0 km.

A quarta edição do Big Brother promete grandes novidades para o público e começou surpreendendo a equipe do programa. “Foi uma seleção difícil e cansativa. Recebemos mais de 70 mil fitas e um material de grande qualidade. O BBB4 teve o  maior número de pré-selecionados e estou muito satisfeito com o resultado”,  comenta Boninho que preservará o formato já consagrado do programa. Carlos Magalhães, diretor geral do programa, completa: “A essência será mantida, mas a casa está sofrendo mudanças e faremos inovações”.

A Casa:

“A casa faz parte do jogo. Toda laranja e verde, ficou mais colorida e alegre”, adianta a cenógrafa do programa, Leila Moreira. Pinturas, decorações e temas novos para o três quartos marcam esta edição. Dois dormitórios apresentam motivações definidas: um assume a linha rock’n roll e o outro, um tom mais infantil. Já o líder terá uma suíte mais personalizada. “A cada semana, mudaremos tons, quadros, roupas de cama e acessórios”, diz Leila. E desta vez os concorrentes não escolherão seu quarto: um sorteio semanal definirá onde dormirão. Tudo dentro de uma estratégia que evite as famosas “patotas” das versões anteriores.

A cozinha também se transformou e traz o fogão no centro, ao invés da antiga bancada. O confessionário está decorado com nuvens, diabos e anjos.  O spa cresceu e a sala virou 180o, aumentando a circulação e se tornado mais espaçosa. Cortinas eletrônicas e novas janelas para as câmeras no túnel escuro que circunda a casa são outra novidade desta edição que conta com 42 câmeras e 68 microfones para monitorar os concorrentes.

O Novo Quadro:

“Big Boss – Você É Quem Manda” é o novo quadro do BBB que garantirá mais interatividade ao público. Agora, o telespectador poderá alterar a rotina da casa através da votação por telefone ou internet e “decidir, por exemplo, se os participantes devem ou não ficar pintados de vermelhos durante uma semana”, explica Boninho. O tema será apresentado, ao vivo, na quinta-feira e o público votará até domingo, quando conhecerá o resultado  Na outra semana é só assistir como os concorrentes irão se sair.

A Programação:

Domingo – São conhecidos aos domingos o protegido do anjo, que não pode ser mandado para o paredão pelos demais, o indicado à eliminação do líder e o do grupo. No mesmo dia, sai o resultado do quadro “Big Boss – Você É Quem Manda”.

Terça – Eliminação, com apresentação de Pedro Bial.

Quinta –  Começa a votação do “Big Boss – Você É Quem Manda” e os participantes passam pela prova do líder.

Sexta –  Prova do anjo.

Os programas de terça, quinta e domingo serão ao vivo.

Os participantes:

Concorrerão ao prêmio de R$ 500 mil o gerente de loja Cristiano, de 29 anos, do Rio de Janeiro, o empresário curitibano Buba, de 32 anos, o publicitário mineiro Eduardo, de 24 anos, o professor de educação física Marcelo, de 31 anos, de Porto Alegre, o jardineiro de cemitério de São Paulo, Rogério, de 25 anos, a modelo e estudante argentina Antonella, de 21 anos, que mora em São Paulo, a estudante de Brasília, Juliana, de 23 anos, a promotora de eventos Marcela, de 25 anos, de Londrina, a enfermeira paraibana Géris, de 30 anos, e a estudante paulista Tatiana, de 21 anos.

Durante o programa especial de hoje, os telespectadores vão escolher ainda entre Zulu, um atleta de Niterói, de 23 anos, e Marcos Antônio, DJ paulista de 34 anos,  e eleger  mais uma participante feminina: a modelo e estudante gaúcha Natália, de 18 anos ou a  frentista Solange, de 25.  Os outros dois concorrentes sairão da promoção “Quero ser um Big Brother”, no dia 13.

A Equipe:

A direção de núcleo está a cargo de Boninho, a direção geral é de Carlos Magalhães. Fernanda Scalzo é a editora-chefe. A apresentação continua com Pedro Bial e a cenografia com Leila Moreira.

O Cardápio:

Esqueçam as antigas disputas por arroz, feijão e goiabada. O BBB4 traz outra cesta básica para os participantes: arroz, batata e bananada serão os novos ingredientes.

O Início:

O programa Big Brother foi criado em 1999 pela holandesa Endemol, uma das maiores empresas de entretenimento da Europa, resultado da sociedade entre as produtoras de Joop van den Ende e de John de Mol. O nome Big Brother foi inspirado no livro “1984”, do escritor inglês George Orwell, no qual câmeras acompanhavam todos os movimentos dos habitantes de um país fictício como os olhos do governo. No Brasil, as duas primeiras versões foram sucesso em 2002, a terceira estreou logo no início de 2003 e a quarta dá as boas vindas ao ano de 2004.

Boninho Fala sobre a nova edição:

Quantas pessoas se inscreveram para o programa e qual foi a diferença para as edições anteriores?

Boninho: O BBB4 teve o mesmo número de inscritos da versão anterior, mais de 70 mil. Mas nunca tivemos uma seleção de tanta qualidade, o que atesta a identificação cada vez maior do público com o formato do programa.

Quantos serão os participantes e como será o sorteio da promoção “Quero ser um Big Brother”?

Boninho: Catorze pessoas, incluindo os dois sorteados, entrarão na casa. O sorteio será feito na estréia do programa, dia 13 de janeiro, e não existirá uma avaliação pessoal, apenas física e psicológica. Caso os dois passem por esse teste, participarão de qualquer jeito.

De que modo o telespectador vai poder interagir nesta edição?

Boninho: A promoção “Quero ser um Big Brother” já é uma forma de interação com o programa, mas, durante sua exibição, estarão as votações para eliminação e também o novo quadro, chamado “Big Boss – Você é quem manda”, através do qual o público poderá também participar.

No Limite e BBB podem ser considerados marcos na televisão, por inaugurarem um formato novo e por seus altos índices de audiência. Mas outros reality shows não tiveram igual sucesso.Você tem medo que este formato  esteja desgastado?

Boninho: A fórmula ocupou seu espaço em todo mundo, somente na televisão aberta americana estão no ar mais de 20 realities e na fechada mais de 50.  É um formato consagrado e absorvido pelas televisões.  Alguns podem fazer mais sucesso do que outros, mas os realities chegaram e se estabeleceram.

Qual o resultado esperado para a quarta edição?

Boninho: A expectativa da TV Globo é sempre a de fazer um programa de qualidade que agrade ao público.

Como é a relação que você e os membros da sua equipe têm com os participantes?

Boninho: Minha participação, como “a voz”, durante esses três meses de confinamento tem diversas funções: uma ordem – para que os participantes fiquem dentro ou fora da casa para que a produção possa fazer algum trabalho -, manter as regras estabelecidas pelo programa e administrar a vida na casa. Eu não converso, não dirijo os participantes e também não dou bom dia, me limito apenas a seguir o que foi pré-determinado. Essa é a forma para que eu não me envolva com eles, nem dê uma chance para que eles abusem.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here