Brandão não se entrega a Juba e é devorado pelas piranhas. Apenas seu chapéu bóia no rio. Juba conseguiu cumprir a sua promessa: encontrou o assassino de seu pai e a justiça foi feita. Mas ele lembra a Yopanã que deve voltar ao Rio para ajudar Cecília a descobrir quem os enganou por todo este tempo. Juntando alguns detalhes, Graça diz a Lili que desconfia ser Nicolau o traidor. Tavinho conta a Ruth e Pedro que Brandão morreu comido pelas piranhas. Márcia tenta se aproximar de Iru, mas é repelida e fica arrasada. No hospital, Isabel diz a Francisca que ela e Margaridinha irão morar na fazenda. Tiniá e Teleco convidam Maurinho para padrinho de seu casamento. Mariano encara Zé Diacho na cadeia dizendo que a justiça agora está feita. Juba anuncia para Oneide, Alzira e Geraldo que os papéis já estão correndo para ele se casar com Cecília na fazenda. Silvia confessa a Lili que teria coragem de matar um psicopata como Ramalho. No escuro da noite, Ruth invade a casa de Cecília e planta a arma que matou Ramalho. Ruth liga para o inspetor Paulo fazendo uma denuncia anônima que indicando que a arma do crime está no quarto de Cecília. Betinha está animada com os planos de Ruth para incriminar Cecília e afastar Juba da fazenda. Iru conta seu sonho a Yopanã: ele se viu diante de muitos diamantes e de Yauá, que pegava um deles dizia que o brilho daquela pedra, se utilizado para o bem, poderia melhorar muito a vida do nosso povo. Por fim, que o amor é um sentimento sagrado e que nada deve se colocar em sua frente. Yopanã interpreta que Yauá quer que Iru perdoe Márcia e Tiniá e explore os diamantes para os Guaporás. Zé Diacho flagra Maurinho entrando na passagem secreta da delegacia, onde ele guarda um misterioso baú. O inspetor Paulo chega à casa de Cecília com um mandado de busca e apreensão, contando que recebera uma denúncia anônima de que a arma que matou Ramalho está escondida na casa. Um policial desce as escadas trazendo a arma em um plástico. Paulo avisa a Cecília que se for comprovada que aquela é a arma do crime, ela estará em maus lençóis. Joca desconfia que Ruth plantou a arma no quarto de Cecília, pois conhece muito bem a casa. Juba acha que a Ruth está mancomunada com o assassino. Frederica acredita que Tavinho e Betinha mataram Ramalho e depois se juntaram a Ruth para incriminar a Cecília. Sai o exame de balística: a arma encontrada no quarto de Cecília matou Ramalho. Paulo dá ordem de prisão e algema Cecília.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here