Verônica mente para Gustavo, que fica confuso com a história da vilã. Bené conta para Juca o que Sólon fez com Titânia. Loló sente falta de sua filha e Waldemar a consola. Pedro fica irritado ao perceber que está apaixonado por Débora. Taís vai à casa de Bené e avisa que Verônica está com Gustavo. A vilã conta a Gustavo que foi enganada por Alcino e que pode provar sua inocência. Kátia comemora o Natal com um senhor misterioso. Roberto e Nuno se desentendem por causa de Glória. Mari se declara para Alcino. Verônica conta para Gustavo sobre todas as provas que tem para incriminar Alcino. Rose não acredita na bondade de Verônica. Péricles, Bené e Taís vão à casa de Rose e Gustavo conta o que Verônica lhe disse. Bené manda Taís embora. Ela e Juca ficam sem entender a atitude de Bené. Alcino fica confuso com a declaração de amor de Mari. Rose diz a Gustavo que tem medo de Verônica estar armando uma cilada. Verônica fala com Roberto que Gustavo vai se render assim que ela provar a inocência dele. Davi conta para os pais o que aconteceu na casa de Rose e eles reagem perplexos. Os capangas de Roberto, instruídos pelo advogado Pompeu, acusam Alcino de ter mandado matar Gustavo. Roberto explica a Carlos Eduardo o que ele deve falar em seu depoimento ao se entregar. Ferdinando e Julieta apresentam o advogado que vai cuidar do caso de Gustavo. Verônica chega com as supostas provas contra Alcino e Gustavo fica feliz. A vilã entrega uma roupa para o ex-marido e Rose se incomoda ao ver a reação dele. Rose teme que Verônica a afaste de Gustavo. Ferdinando e Mário Fontenelle entram na sala de Salviano e anunciam que Gustavo está vivo.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here