Juvenal diz a Pastor Lisboa que ele vai desmoralizá-lo, se contar a verdade. Pastor Lisboa responde que não será digno se compactuar com a mentira. Ferraço acusa Sílvia. Ela garante que tudo o que fez foi por amor. Ferraço a manda embora, assim que a chuva passar. Juvenal avisa Guigui que vai fazer uma doação para o Pastor Lisboa. Guigui encontra a gaveta destrancada e estranha, mas fica aliviada ao contar o dinheiro e ver que nada desapareceu. Pastor Lisboa devolve a doação, reza por Juvenal e vai embora. Edivânia chora na partida. Evilásio manifesta a sua solidariedade a Juvenal. Ronildo observa Guigui e Humberto se beijando. Macieira perde a paciência quando Célia insiste em ir à sua casa. Amora adormece e não vê a imagem de Bernardinho em sua bola de cristal. Sílvia ataca Ferraço, mas ele se defende e a coloca para fora de sua casa. Sílvia, aos berros, pede para entrar, mas o empresário permanece inflexível. Bárbara conversa com Fernanda sobre sua preocupação com Ferraço. Fernanda sugere que ela poderia trabalhar para outra pessoa, mas a mãe garante que sempre será fiel ao empresário. Sílvia caminha, desolada, debaixo da chuva.






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here