Ferraço vê o nome dos pais na certidão: Gilvan Ferreira e Alice de Sousa. Depois, lê as cartas que Hermógenes escreveu para Bárbara falando dele. Branca tenta conversar com a filha. Sílvia garante que Maria Paula não vai ficar com Ferraço. Eunice diz a Jojô que não suporta mais vê-lo bancar o que não é. Jojô explica que é isso que lhe dá dinheiro para sustentar seus quatro filhos. Narciso tenta animar Evilásio, que pensa em desistir. Solange também acha que Juvenal não vai se dar bem com a vida de vereador. Juvenal visita Alzira, que confirma sua intenção de posar para a revista, conseguir sua independência financeira e morar bem longe da Portelinha. Zidane fica revoltado quando Gislaine propõe que eles morem juntos, mas não se casem de papel passado. Clarissa acorda Célia, que dorme em cima de alguns papéis. O gelo entre elas se quebra um pouco. Sílvia convence o porteiro a não interfonar e bate na casa de Maria Paula. Maria Paula se assusta ao ver Sílvia. Renato acorda com a discussão das duas e chama a polícia. Sílvia é presa. Marcello pede dinheiro e a Condessa promete ajudá-lo, marcando um encontro para o dia seguinte. Ferraço diz à Maria Paula que vai fazer tudo para Renato perdoá-lo. Sílvia é libertada e nem agradece a Barreto. O calendário é um sucesso. Juvenal diz que quer falar com Evilásio. Ferraço vai à casa de Maria Paula. Renato fala para a mãe expulsá-lo de lá.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here