Um depoimento em que questionava a decisão do apresentador Roberto Justus em dar à equipe Best a vitória em uma das provas de "O Aprendiz 6" causou a demissão do estudante de direito João Granja, informou a Folha Online.

João foi eliminado no programa exibido pela Record na noite desta quinta-feira (24).

Após perder a prova, João, integrante da equipe Maxxi, resolveu aconselhar sua equipe a não discutir sobre os motivos que os levaram a perder a prova.

De acordo com a Folha, para João, argumentar em frente às câmeras seria uma forma de contribuir para que Justus e seus conselheiros rebatessem os argumentos da equipe com mais veemência.

O participante ainda disse não entender os motivos que levaram sua equipe a ser derrotada. "Eu imagino porque eles venceram", disse o estudante.

As críticas de João e a insinuação de que Justus havia favorecido a outra equipe fizeram com que o estudante se transformasse no alvo direto do apresentador durante a sala de reuniões –como é chamada a etapa final do programa, onde o apresentador conversa com a equipe perdedora.

Visivelmente irritado, Justus disse que o estudante havia sido infeliz em questionar a legitimidade de suas decisões e do programa. "Suas entrelinhas são ofensivas", afirmou o empresário.

Fugindo aos moldes tradicionais do programa, Justus sequer pediu a líder da prova que indicasse outros dois colegas para, juntamente com ela, conversarem em separado com o apresentador, e demitiu João na frente dos seus colegas.

"Você teve cinco edições para assistir e entender a dinâmica do programa. Agora você vai entender as regra quando assistir lá fora", concluiu.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here