Não contente por ver Pérola sofrer com o casamento fracassado com Max, Zilda resolve tripudiar em cima de seus inimigos. A próxima da família Sullivan a sofrer com suas maldades é Eva. Zilda não a perdoou por não ter lhe entregado o anel de valentina. Por isso, tem o maior prazer em anunciar para a altiva e pedante Eva que ela não é filha de Max e Marta Sullivan.
Quando chega à mansão para falar com Eva, encontra-a ao piano, tocando a Apassionata. Irritada, a pianista manda que

Zilda vá embora, pois não está em clima de receber visitas, quanto mais uma tão indesejável quanto ela. A vilã, porém, ignora o pedido e destila seu veneno: avisa que Eva é a culpada pela briga entre os recém-casados e conta que ela é uma bastarda. “A verdadeira filha de Max e Marta morreu no parto! Sua amada titia Pérola e seu querido padrinho botaram uma criança qualquer no lugar: você!”, brada a malvada, saboreando sua vingança.

Eva se recusa a acreditar naquele disparate, e Zilda, muito esperta, lembra-a das vezes em que Medéia a importunou, tentando contar-lhe algo. Para lançar a última semente da discórdia, Zilda manda que Eva pergunte tudo a Pérola, pois ela saberá lhe dar maiores detalhes sobre toda aquela história sórdida.

Mesmo sem saber se aquilo é apenas um truque da víbora, Eva resolve ir tirar a história a limpo com a tia. No início, Pérola nega, dizendo que não sabe de nada disso. No entanto, como Eva insiste e avisa que não irá desistir de saber a verdade, Pérola acaba confirmando tudo. Aterrada, a pianista não sabe mais o que dizer nem o que pensar. Acusa a tia de ser um monstro e se tranca em seu quarto, sentindo terríveis dores de cabeça. Se a vida de Eva já andava ruim, imagine agora, que ela descobre que seu passado e suas origens são uma mentira.

As cenas devem ser exibidas a partir de quinta-feira, dia 20.






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here