O "Mulheres Possíveis" desta sexta-feira, dia 28, tem como tema a fama. Colocar vídeos na internet, sair em revistas masculinas, participar de reality shows. Estas são algumas das artimanhas das aspirantes a celebridades que Ingrid Guimarães investiga nesse programa. A apresentadora conversa com a atriz Natália do Vale, que revela gostar da profissão, mas não tanto da vida pública. A anônima entrevistada é a dançarina Tahira Marrach, que tentou até mesmo entrar em reality shows para sair do anonimato.

Ingrid começa o programa no apartamento de Natália e brinca, dizendo que teve dificuldade em conseguir marcar uma gravação do programa com ela. "Quero mostrar a mulher possível Natália, que ninguém vê por aí", diz a apresentadora. "Alguém precisa me ver fora do palco, fora da tela?", questiona a entrevistada.

Tahira enfrenta uma realidade oposta. Há 15 anos tenta ser famosa, sonho que cultiva desde a infância. Já perdeu as contas de quantas vezes se inscreveu no reality da TV Globo, "Big Brother Brasil", e garante que quer muito mais a fama do que o prêmio de um milhão de reais. "Quero andar na rua e ser reconhecida, dar autógrafo, sair nas revistas", explica a dançarina, que também quer ser atriz.

Natália do Vale critica a valorização da vida pessoal em vez do trabalho executado. "Celebridade para mim é uma pessoa que fez algo célebre, importante, e que merece ser celebrado. Pode ser um escritor, um médico. Celebridade passou a ser quem tem mais fotografia na mídia, e não importa o por quê", opina a atriz. E alerta para os que desejam a fama: "Tem uma infinidade de pessoas jovens, lindas, que a TV absorve. Mas se você não mostrar a que veio, no dia seguinte, ela te bota na rua e te substitui por outras pessoas mais jovens, mais bonitas e mais interessantes".

No começo da carreira, Natália se sentia constrangida em dar entrevistas sobre a vida pessoal. "Não tenho nada para falar de mim, só da personagem. Fico sem graça de dar autógrafo, mas eu dou", revela. Nos dias de hoje, evita falar sobre assuntos da vida particular. "Só dou entrevista quando estou fazendo peça, ou quando tenho uma amiga grávida", brinca com a apresentadora, que espera um bebê.

No fim do programa, Natália e Tahira se encontram para a esquete. A dançarina explica que quer ser reconhecida pelo trabalho e quer ter oportunidades como atriz. Ingrid propõe que ela e Natália dirijam um vídeo de inscrição para o "Big Brother". A atriz sugere que Tahira fuja dos clichês e diga que não tem conteúdo, apenas um corpo escultural.

Mulheres Possíveis apresentação: Ingrid Guimarães no ar toda sexta, às 23h30 no GNT.







DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here