A Globo passou os últimos meses procurando, em sigilo, um locutor esportivo de primeira linha, que se transforme um dia numa espécie de "sucessor" de Galvão Bueno, informa a coluna Ooops!. A Globo estaria atrás de um novo nome, que não seja conhecido nem no rádio. Segundo a coluna, essa "caça" não significa que Galvão, 59, vá se aposentar em breve.

Ele só deve pensar em parar após a Copa do Mundo no Brasil, em 2014, quando terá 64 anos. Mas o ponto é que a Globo pensa tudo de forma tão estratégica e antecipada, que já procura o "novo Galvão".

No ano passado, a emissora chegou a fazer uma oficina de locutores esportivos. Vários nomes foram chamados, fizeram exercícios e testes, mas ninguém foi aprovado. A preocupação então cresceu.

Na "hierarquia" de locutores, a Globo tem Cléber Machado e Luiz Roberto. Cléber também acaba de renovar contrato, após sofrer assédio pesado da Record. Ainda assim é muito pouco para a emissora, que ainda detém o monopólio das transmissões da maioria dos esportes nacionais.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here