A autora Gloria Perez e os atores Marcos Frota e Bruna Marquezine foram homenageados na noite de hoje com a Medalha Tiradentes, em sessão realizada no plenário da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, no Palácio Tiradentes. A condecoração máxima do Estado foi oferecida aos três pela abordagem dos problemas enfrentados pelos deficientes visuais na novela América.

“A função da novela é colocar o assunto em discussão e dar voz aos deficientes. Espero que ela estimule projetos que viabilizem sua inclusão social”, afirmou Gloria Perez, ressaltando que a campanha social de América não vai se restringir aos deficientes visuais, mas a todos que tenham alguma deficiência física.

A novelista contou, ainda, que Dudu Braga, filho do cantor Roberto Carlos, vai se transformar no âncora da campanha, entrevistando deficientes no programa fictício de TV É Preciso Saber Viver, criado para a trama. Dudu Braga já apareceu na história fazendo uma entrevista com Jatobá (Marcos Frota). Os próximos a irem ao programa de Dudu são o menino Gabrielzinho do Irajá, que tem uma roda de samba no subúrbio do Rio; e as três irmãs cegas de Campina Grande, estrelas do filme A Pessoa é Para o Que Nasce, de Roberto Berliner, que já participaram da trama e voltarão ao ar. “Espero que as instituições e a sociedade continuem pensando nos deficientes depois que a novela acabar, que não fique só no modismo”, salientou Gloria.

O ator Marcos Frota, que saiu das gravações na Central Globo de Produção diretamente para a Assembléia, falou sobre a importância do exercício de atuar. “É uma alegria saber que nosso trabalho está tendo esse desdobramento, poder ajudar as pessoas no exercício de ator. Tenho recebido muito carinho do público. Se Jatobá está chegando ao coração das pessoas, isto se deve muito à Gloria Perez. É muito bom fazer o Jatobá pelas mãos de uma mulher, é totalmente diferente”, explicou o ator. Ele acrescentou: “Me sinto um soldado participando dessa luta dos deficientes”.

Bruna Marquezine se emocionou com a condecoração. “Fico muito feliz com essa homenagem. Hoje é o meu dia”, brincou. Ela estava acompanhada dos pais e da irmã Luana, de dois anos. Assim como Marcos Frota, Bruna foi muito solicitada para tirar fotos e dar autógrafos.

Deficientes físicos, parentes dos homenageados e a menina Eduarda Emerick, a Duda – deficiente visual que tem participado da novela – presenciaram a cerimônia, que incluiu uma breve apresentação do grupo Mão na Roda, formado por mulheres deficientes em cadeiras de roda; e um vídeo com imagens de várias novelas de Gloria Perez. A advogada Ethel Rosenfeld também estava presente no plenário, junto com seu cão-guia, Gem. A sessão foi presidida pela deputada Georgette Vidor, também deificente física.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here