O programa “Happy Hour” de quinta-feira, dia 16, contou com tema e participações pra lá de especiais. A atração do GNT comemorou os 60 anos da primeira transmissão televisiva no Brasil com muito bom humor e alegria recebendo os convidados: diretor Nilton Travesso; a colunista de TV do jornal “O Globo”, Patrícia Kogut; o ator Cássio Gabus Mendes e a apresentadora Hebe Camargo.

Após Astrid Fontenelle e Fred Lessa receberem no palco os convidados, todos de pé e com uma salva de palmas receberam a rainha da TV brasileira Hebe para um bate-papo sobre a importância da TV na sociedade brasileira e o futuro dela no Brasil.

Emocionada ao receber Hebe em seu programa, Astrid não parava de elogiá-la e receber elogios. “Olha essa roupa”, exclamou a apresentadora do SBT. “Essa fala é minha. Olhem essas joias, estou nervosa”, devolveu Astrid. Em seguida, Hebe contou que ainda se emociona com o que assiste, e que sente muita alegria no trabalho. “Eu assisto todos os dias, vejo os programas que gosto, amo a programação do GNT, é muito variada, de bom gosto, muito bem feita. Sou muito crítica, critico a mim também”. Quando interpelada se via os seus programas, ela disse: “Eu me assisto, claro, sou minha fã”, contou.

A colunista Patrícia Kogut diz que, apesar de ser um trabalho, sente prazer em ver TV: “Eu tenho que saber tudo que está acontecendo, mas não tenho que ver desde que eu acordo. Assisto por prazer”, afirmou.

No meio televisivo há 57 anos, o diretor Nilton Travesso, revelou-se um apaixonado pelo que faz: “Dá prazer fazer televisão. Por incrível que pareça, depois de tanto tempo, o prazer é o mesmo”.

O ator Cássio Gabus Mendes relembrou momentos da infância vividos na TV. “Comecei a atuar aos 19 anos, mas eu andava pelos corredores da TV Tupi desde garotinho. Até hoje me pergunto se eu já vim com alguma coisa genética ou se você aprende com a convivência. Eu nasci com aquilo dentro de casa, faz parte da minha vida, independente da minha profissão, ela faz parte da minha vida”, disse o filho de Cassiano Gabus Mendes, um dos pioneiros da TV no Brasil.

Hebe aproveitou a deixa para brincar e disse que Cassiano a eliminou da TV. “Fui fazer o teste animada, comecei a cantar e falar. Seu pai não gostou, disse que eu não tinha boa imagem”, divertiu-se. “Errar é humano”, completou Astrid.

Durante os intervalos, a rainha da TV brasileira deu perfumes de presente para Astrid e Patrícia. A apresentadora do GNT aproveitou para mostrar um vídeo do seu filho Gabriel salvo no celular.

O programa abordou ainda a programação que é exibida atualmente. Os convidados deram a sua opinião sobre o que melhorou e o que piorou na grade. “Não é legal muita exploração de bunda, ainda mais para quem não tem. É muita vulgaridade, tudo o que é mais cafona dá mais audiência”, sentenciou Hebe. “A gente tem que ver certas coisas que nos deixam muito tristes”, disse Travesso. “Acho que a TV aberta busca ser popular, mas não significa ser popularesco, ruim”, opinou Patrícia Kogut.

O “Happy Hour” exibiu também uma entrevista de Diana Bouth com o ator Lima Duarte, que contou como a profissão surgiu em sua vida. “Minha mãe era atriz de circo, quando tinha 16 anos fui morar em uma zona em SP. Comecei a fazer testes na rádio Tupi, depois trabalhei como operador de som. Eu imitava porco, galinha no estúdio. Depois fui fazer radio novela”, disse.

Os convidados relembraram alguns dos programas mais marcantes da história da TV no Brasil, entre eles “Fantástico”, “Balão Mágico”, “A Buzina do Chacrinha”, “Chico Anísio”, e as novelas “Que Rei Sou Eu”, “Vale Tudo”, “Anos Rebeldes”.

Cada convidado foi homenageado com um clipe que mostrava parte da sua trajetória na TV. “As novelas feitas no Brasil são as melhores”, elogiou a Hebe. No estúdio, após o fim do programa, Astrid declarou o seu amor por Hebe e deu um selinho na apresentadora.

Para quem não pode conferir ao vivo o canal disponibiliza na web, a partir desta sexta, dia 17, na íntegra, o programa, matéria e galeria de fotos. O site do GNT é: – http://gnt.com.br/happyhour.

O “Happy Hour” vai ao ar no GNT de segunda a sexta, ao vivo, às 19h. Reprises com horários alternativos: de segunda a sexta, às 2h e às 13h.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here