‘Hipertensão’, com apresentação de Glenda Kozlowski. A atração, que será exibida quinta-feira depois de ‘A grande Família’ e domingo após o ‘Fantástico’, traz 16 participantes em provas radicais e de convivência realizadas em Buenos Aires, na Argentina. A final que define o campeão da disputa acontece no Rio de Janeiro e confere ao vencedor um prêmio de R$ 500 mil. O segundo colocado recebe R$ 100 mil e o terceiro, R$ 50 mil. Do Brasil, Geovanna Tominaga apresenta flashes diários na programação com as últimas novidades da competição. O formato original da Endemol e Rede Globo tem direção de núcleo de J.B. de Oliveira, o Boninho, e direção-geral de Carlos Magalhães e LP Simonetti.

No comando da atração, Glenda Kozlowski comemora as novidades que estão por vir. “O ‘Hipertensão’ até tem uma linha jornalística, mas a coluna vertebral é de um programa de entretenimento. É uma linguagem nova, um outro jeito de fazer as coisas, e com uma equipe totalmente nova”, afirma. “Acho que o grande desafio é ser a juíza, a intermediadora. Vou interferir no andar da prova e eu nunca interferi em nada, eu só conto histórias, de um jogo, um título , uma competição… Desta vez, são várias ações. E um dia depois do outro. Então, tenho que ter um olhar maior sobre aquilo tudo. São 16 pessoas diferentes atrás de um objetivo”, completa.

Durante 14 edições, os participantes se aventuram em provas de perigo, força, habilidade e coragem. A cada programa, um jogador é eliminado após passar por uma série de provas, incluindo ainda os desafios do relacionamento no decorrer da atração. Uma mansão na capital argentina é o cenário para a convivência de todos entre as provas e a eliminação, e mostra que além de resistência, é necessário estabilidade emocional para se manter no programa. Em um clima de reality show, o público acompanha o dia a dia dos competidores e a adrenalina na espera pela disputa que está por vir.

Nas semanas em que ‘Hipertensão’ estiver sendo exibido, Geovana Tominaga apresenta flashes diários na programação sobre a atração, comentando os últimos acontecimentos do jogo e repercutindo as novidades com o público nas ruas. Para o clima de ação e suspense das provas, Geovanna já sabe o que esperar: “Muita adrenalina e coração na mão, o meu pelo menos vai ficar. Além de diversão e entretenimento. Muita gente tem vontade de se aventurar, mas não tem coragem. Então, pela TV, ela vai poder torcer e se realizar com o que está vendo ali”.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here