Estréia no próximo dia 29/10 (domingo), à meia-noite, a segunda temporada de Irritando Fernanda Young, um talk-show temático, com pitadas de fake-reality e crônica bem-humorada, que traz situações do cotidiano interpretadas pela escritora Fernanda Young, além de um bate-papo descontraído com personalidades. Em comum, estes momentos do programa terão como essência falar sobre coisas capazes de irritar qualquer mortal.

Sobre as situações irritantes do dia a dia, os programas contam com cenas de Fernanda Young irritando-se de todas as maneiras possíveis. Seja no carro, em sua casa, no cinema ou em algum restaurante, sempre será mostrada uma situação na qual qualquer um já passou de uma forma ou de outra e que, certamente, renderam momentos de extrema irritação. A segunda temporada traz ainda como novidade o “Momento do Internauta”, onde os assinantes sugerem, via página do programa no site do canal (www.gnt.com.br), dicas e truques sobre como irritar as pessoas em diversas ocasiões, além do “Irritante Mascarado”, que através de perguntas da própria Fernanda Young e de seus convidados, irá revelar as habilidades do chato da vez em irritar a humanidade.

Ao final de cada programa, um pequeno pocket-show musical – como dança folclórica, sapateado, teatro, entre outras – está programado. Só para irritar Fernanda Young.

A estréia da segunda temporada:

O convidado do primeiro programa é o ator Ney Latorraca, que chegou duas horas antes do início da gravações, evitando assim irritar-se com algum tipo de atraso. “Eu chego sempre antes, até em festa…não tem nem o aniversariante e eu já estou lá”, revela Ney, complementando que atraso não tem nada de chique, como a maioria das pessoas acha.

Num bate-papo descontraído, ele conta a irritação que é barulho nos estúdios de gravação, crianças mal-educadas que dão na cara da avó, pessoas que jogam lixo nas ruas, cadeira de ator que tem sempre alguém sentado que não é da equipe e – principalmente – “autores que não escrevem especiais de TV para ele”, brinca o ator se referindo a apresentadora.

Sobre a vida pessoal, Ney relembra a época de colégio, quando foi reprovado diversas vezes em matemática. Ele confessa que fazia de tudo para sensibilizar os professores e conseguir boas notas, desde desmaiar até receber o caboclo. “Tem que dar a nota para o meu cavalo…tem que dar a nota para o meu cavalo”, conta em meio a risadas. Mas a tática nunca funcionou com o professor de álgebra, o que fez dele – por suas próprias palavras – uma pessoa mais inteligente. “É tanta energia, que a gente acaba jogando para outras coisas”.

Ney fala sobre a criação em meio ao show business – quando seus pais ainda eram crooners – e sobre a educação moderna que sempre teve. Ele relembra ainda a época em que moravam em “vagas”, onde normalmente não se aceitavam casais com filhos e ele ficava lá, quietinho, sem poder dizer uma palavra, fazer uma estripulia. “Tudo na vida para mim é lucro…tudo”, diz recordando essa época.

Quando perguntado sobre o início de sua carreira, ele relembra a reação dos pais ao anunciar que seria ator. “Quando falei que ia ser ator, foi uma bomba para eles” e complementa: “Eu peguei minha mãe, isso já foi no Rio de Janeiro, levei ela na frente do cinema Roxy, que ainda existe, e falei: `Daqui a dez anos a senhora vai ver meu nome aqui”. E foi o que aconteceu. Alguns anos mais tarde, com apenas 20 anos de idade, Ney Latorraca tinha seu nome estampado nas fachadas do cinema, atuando em seu primeiro filme.

A dupla conversa ainda sobre as situações irritantes que acontecem durante as sessões de teatro, ao exaustivo processo de gravações de novelas no Projac, o assédio dos fãs e as dezenas de vezes que o ator é confundido com outras pessoas, principalmente Gracindo Júnior, Cláudio Marzo e Chico Anysio. Mas Ney confessa que também já cometeu gafes desse tipo. “Outro dia, estava dando uma volta na Lagoa, vi um rapaz e falei: `Olha, estou muito emocionado com você, porque a maioria dos filhos coloca as mães em asilo e você levando a sua para passear…ganhei meu domingo`. Na hora ele falou: `Não é minha mãe Ney…é minha mulher`”.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here