Nesta sexta-feira, dia 21, o Som Brasil leva ao ar uma celebração à carreira do cantor e compositor Ivan Lins. Para festejar a obra do músico que aprendeu a tocar piano de ouvido, começou a tocar na banda do Colégio Militar e hoje é internacionalmente reconhecido, o programa convidou o grupo mineiro Lúdica Música e as cantoras Paula Santoro e Verônica Ferriani. As atrações subiram ao palco do Som Brasil e comoveram o homenageado: “Esses bravos jovens compositores, músicos e artistas brasileiros me enchem de orgulho. Fiquei muito emocionado em ver o grupo que estava aqui cantando canções minhas, se colocando dentro das composições sem nenhum medo, colocando da forma como eles fazem música com personalidade, com criatividade”, afirmou Ivan Lins.

Dividido em dois blocos, Som Brasil Ivan Lins exibe 14 canções em uma hora de programa. Com a apresentação de Patricia Pillar, o público confere a trajetória do músico por meio de imagens de arquivo especialmente selecionadas pela equipe da atração. O show gravado ao vivo na Central Globo de Produção, em Jacarepaguá, Rio de Janeiro, traz Ivan Lins interpretando “Daquilo Que Eu Sei”, “Iluminados”, “Desesperar Jamais” e “Bilhete”. O programa termina com a exibição de uma antiga apresentação de Ivan Lins cantando “Novo Tempo”. “Depois de Tom Jobim, Ivan é o compositor brasileiro mais interpretado no planeta” diz o diretor do Som Brasil, Luiz Gleiser. “Para nós, tê-lo aqui, ainda mais com essa banda sensacional, é um prazer e uma honra”, finaliza.

Ao grupo mineiro Lúdica Música coube às canções “Madalena”, “O Amor É O Meu País” e “Bandeira Do Divino”; a paulista Verônica Ferriani canta “Cartomante”, “Me Deixa Em Paz” e “Dinorah Dinorah”; e a também mineira Paula Santoro apresenta “Somos Todos Iguais Nesta Noite”, “Começar De Novo” e “A Noite”. “Dá orgulho de ser brasileiro e de pertencer ao mesmo povo desses garotos maravilhosos”, conta o homenageado. “Eles acreditam na música do Brasil porque nasceram no país da música e aprenderam com seus pais, com o tempo, de todas as maneiras possíveis, a reconhecer que no Brasil se faz, talvez, a melhor música do planeta, de uma riqueza e de uma diversidade impressionantes”, completa o artista.

Influenciado pelo jazz e pela bossa nova, aos 18 anos Ivan Lins começou a tocar piano de ouvido. Anos depois, formou-se em engenharia química, mas não conseguiu se desligar da música durante o período estudantil e aliou-se ao MAU – Movimento Artístico Universitário. O cantor e compositor carioca se destacou nos festivais da canção dos anos 60 e o sucesso foi tão grande que, aos 25 anos, comandava com Elis Regina o Som Livre Exportação, um campeão de audiência da TV Globo. Nos últimos anos, passou a se dedicar também a carreira internacional e conquistou diversos prêmios, incluindo um Grammy.

Som Brasil Ivan Lins será exibido neste dia 21 de setembro, sexta-feira, logo após o Programa do Jô. A próxima edição do programa trará uma homenagem a música de Gonzaguinha.






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here