A cantora Madonna foi vaiada ao defender os ciganos durante um show em Bucareste, na Romênia, informa a Folha online. A multidão, de mais de 60 mil pessoas, de início aplaudiu os músicos ciganos que acompanhavam a cantora no palco.

Porém, quando a cantora interrompeu o show para defender a causa dos ciganos, os aplausos tornaram-se vaias. ‘Chamou minha atenção (…) que há muita discriminação contra romenos e ciganos em geral, na Europa Oriental’, disse Madonna durante o show. ‘Isso me entristeceu muito’, acrescentou a cantora.

Milhares iniciaram então as vaias, e uns poucos aplaudiram as declarações. ‘Não acreditamos na discriminação (…) acreditamos na liberdade e direitos iguais para todos’, disse a estrela pop, que ganhou ainda mais vaias ao mencionar também o preconceito contra homossexuais e outros grupos.

A cantora não reagiu às vaias, e continuou com o show, que foi realizado próximo ao palácio do ditador comunista Nicolai Ceausescu.

Os ciganos são um grupo étnico nômade, sendo que a maior parte vive no sul e leste da Europa, mas nas últimas décadas milhares migraram para o oeste na busca por empregos e melhores condições de vida.

A Romênia tem a maior população de ciganos na região, sendo que alguns apontam que a população pode chegar a 2 milhões de pessoas, apesar das estatísticas oficial apontarem a existência de 500 mil.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here