Uma bela história está prestes a acontecer em Malhação. O professor Pasqualete (Nuno Leal Maia), que sempre sonhou em ter um filho homem, vai descobrir que seu desejo virou realidade há dezoito anos. O filho que ele tanto quis é justamente seu aluno mais empenhado e estimado: Felipe (Jean Fercondini). Separado e com uma filha adulta, já casada, Pasqualete sentiu por toda a vida a falta de um menino com quem pudesse dividir as descobertas do universo masculino. Felipe, por sua vez, sempre admirou seu professor, com quem tem imensa afinidade. E é justamente uma maratona da língua portuguesa que levanta as primeiras suspeitas sobre o parentesco entre os dois.

Como Felipe é o aluno que mais se destaca em sua matéria, Pasqualete o convida para representar o Múltipla Escolha na maratona. Quando vai pedir a autorização dos pais do menino, ele descobre que Felipe não tem o registro do pai e que a mãe dele, Elisa (Mônica Torres) tem o mesmo sobrenome de uma ex-namorada sua. Pasqualete logo se anima com as suspeitas, mas Elisa nega categoricamente que ele é o pai do menino.

O professor não acredita e dias depois confirma a suspeita ao notar uma marca de nascença, idêntica à sua, no abdômen de Felipe. Ele pressiona Elisa até que ela confirma sua paternidade, mas o proíbe de contar a verdade, ameaçando levar o filho embora do país. Mas Felipe escuta uma conversa entre os dois, acidentalmente, e descobre tudo sozinho. A princípio revoltado, ele foge de Pasqualete e Elisa. No dia da maratona, entretanto, Felipe não só representa seu colégio brilhantemente, como dedica a vitória, na frente de todos, a seu recém-descoberto pai. A nova relação é então selada com um emocionado abraço.

Estas cenas foram gravadas na Central Globo de Produção, em Jacarepaguá, Rio de Janeiro, e serão exibidas na segunda-feira, dia 06.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here