Neguinho da Beija-Flor recebeu a coluna Retratos da Vida do jornal Extra, na segunda-feira (15), em um momento especial: o dia do nascimento da sua quarta filha, Luiza Flor Morena. A menina é fruto d ... Leia mais:

Neguinho da Beija-Flor recebeu a coluna Retratos da Vida do jornal Extra, na segunda-feira (15), em um momento especial: o dia do nascimento da sua quarta filha, Luiza Flor Morena. A menina é fruto da sua união de quatro anos com Elaine. De licença por causa de um câncer de intestino, o puxador aproveitou a oportunidade para fazer um desabafo:

”Estou pagando todo o meu tratamento. Uso o dinheiro que tinha para comprar um apartamento. Moro de aluguel num sala e quarto de Copacabana, que fica apertado até para colocar o berço dela”, revelou o sambista, que aproveitou para alfinetar a Beija-Flor. ”Eles perguntaram se eu estou precisando de alguma coisa, mas ninguém me ajudou em nada. Câncer é doença de rico. Quem não tem dinheiro, morre”.

Neguinho supreende ao dizer que, ao contrário de outros intérpretes de escolas de samba, não ganha salário da agremiação de Nilópolis.

”Tenho amor pela Beija-Flor. Não tenho salário. Com esse tratamento, não vou a ensaios técnicos, nem pensar. Só vou à gravação do CD e na avenida. Como não sou contratado, não tenho obrigação de ir a nada”, garantiu Neguinho, que apareceu de máscara, há algumas semanas, na quadra da escola.

Segundo ele, o dinheiro que ganha vem dos shows que faz pelo mundo, ”Tive que cancelar meus shows por causa do tratamento”.

Acredite, Neguinho diz pagar do próprio bolso até a roupa que usa na Avenida: ”Não vou ficar mostrando nota para eles”.

Nos próximos cinco meses, ele ficará em função da caçula e também do tratamento, ”Luiza veio em um momento de fogueira. O tratamento é chato, já emagreci nove quilos, mas o cabelo carapinho está aqui. Cabelo de crioulo não cai (risos)”.

Por causa do tratamento, Neguinho não dormiu com a mulher e a filha na maternidade. A sogra ficou tomando conta das duas. Luiza nasceu com 3,575 quilos e 49cm.






Deixe uma resposta