No Limite: Sandi é picada por escorpião

Um pequeno e inconveniente aracnídeo deu um grande susto na tribo Taiba. Um diminuto escorpião preto conseguiu sorrateiramente infiltrar-se no acampamento, driblando a atenção de todos, e picou Sandi em plena luz do dia.

Ela recebeu atendimento médico em uma ambulância e retornou pouco tempo depois à companhia de seus colegas. A advogada passa bem, apesar do susto.

Ainda nesse dia, o catarinense Osmar também assustou os colegas ao desmaiar, e na mesma semana a niteroiense Isabel passou mal durante uma prova.

"Doeu para caramba", declarou a carioca, com cara de quem pouco gostou da maneira com que o animal se fez notar. A tribo sugeriu que ela passasse gelo para amenizar o incômodo.

O traiçoeiro aracnídeo foi posteriormente capturado pela equipe e colocado dentro de uma lata de leite vazia.

A carioca contou que, enquanto recebia socorro, disse que queria ir para casa. Perguntada sobre se queria desistir, ela respondia: "Minha casa, o acampamento."

Depois do acontecido, Índia desabafou e disse que estava sendo um dia difícil, com o desmaio de Osmar e a picada que Sandi levou.