A revista Quem que chega às bancas esta quarta-feira (14) traz na capa uma reportagem sobre a primeira crise no relacionamento de Alexandre Pato e Sthefany Brito, apenas nove meses após a festa de casamento, realizada no Brasil.

Afastado dos gramados por causa de duas lesões seguidas, o jogador tem sido visto em programas noturnos em Milão com o parceiro de time, Ronaldinho Gaúcho.

“Sem jogar, ele está solto, não tem muito o que fazer e aí está se mostrando indisciplinado com tudo. É claro que isso respinga no casamento”, disse um amigo do atacante do Milan. “Fora que está ‘pra baixo’ porque as chances de ser convocado para a Seleção Brasileira que vai à Copa são mínimas. Aí, já viu, garoto novo, desanimado, desocupado, mas com dinheiro, na Europa… Pode perder a cabeça mesmo”, afirmou o amigo.

Segundo a publicação, para tentar ajudar o casal a contornar o momento difícil, familiares partiram para a Itália. A mãe de Sthefany, Sandra, está em Milão há algumas semanas e até a última segunda-feira (12) permanecia na cidade. O empresário Geraldo Rodrigues da Silva, pai de Pato, viajou para lá na quinta-feira (1º) e, segundo seu secretário, Rocha, está hospedado na casa do filho.

Além de ressentida com a indisciplina do marido, Sthefany sofre pela distância de amigos e familiares e por se dedicar exclusivamente à vida doméstica. A atriz, que tem contrato com a Globo até maio deste ano, gostaria de voltar a trabalhar. Seu último papel em novelas foi em 2007, quando interpretou a personagem Dulcina em "Desejo Proibido".



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here