Zé Leôncio se recusa a acreditar que Tenório seja capaz de algo tão monstruoso. Tadeu diz a Zefa que assim que amanhecer vai atrás do matador. Alcides e Zé Lucas se adiantam e, no meio da noite, surpreendem o jagunço mas não encontram nenhuma arma em seu quarto. Tenório acorda com o barulho do motor de um barco. No dia seguinte procura pelo jagunço mas não o encontra. Alcides e Zé Lucas levam Teodoro para a fazenda e ele, dissimulado, nega que seja um matador de aluguel e jura que nunca disparou um único tiro. Tenório e os filhos vão até a fazenda de Zé Leôncio procurar pelo peão e lá descobre que foi a Zefa quem o acusou. A pantaneira confirma tudo que disse, mas Renato, que tem a mesma índole do pai, vira o jogo rapidamente dizendo que ela acusou Zé Leôncio e Joventino de tentarem assediá-la sexualmente. Zé Leôncio fica furioso e expulsa Zefa da fazenda. Irma sai em sua defesa e afirma que ela está dizendo a verdade. Joventino levanta a ficha criminal do peão, mas nela não consta nada que possa comprometê-lo.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here