É tarde da noite. Silêncio total na clínica onde Paula está internada. Pé ante pé, Mercedes vai até o muro. Ela carrega um uniforme de enfermeiro nas mãos. Do outro lado do muro, Daniel aguarda o grande momento.

Sussurrando, Mercedes olha para os lados e o manda pular. Já do lado de dentro da clínica, Daniel coloca o uniforme. “Você tem que fingir que é auxiliar de enfermagem aqui da clínica, é só fazer o que eu mandar!”, diz a enfermeira.

Quando ambos estão se preparando para entrar no quarto de Paula, uma lanterna os ilumina. É o segurança.
“O que vocês estão fazendo aqui?”, pergunta ele.Tudo poderia ter ido por água abaixo, mas a enfermeira dá uma desculpa qualquer e consegue levar Daniel para o quarto de Paula.

O reencontro entre os dois é emocionante.
Parceira do segurança que está de guarda no momento, Mercedes diz que Daniel é um funcionário novo e estava ali fumando um cigarro, para relaxar. Ela oferece o maço para o homem, que aceita, sem desconfiar de nada. Com isso, o caminho fica livre. Eles chegam ao quarto de Paula e abrem a porta.

A paciente está deitada na cama, finge que dorme. Daniel entra no quarto lentamente e toca o rosto da esposa. Só aí ela abre os olhos. Às lágrimas, eles se abraçam. “Nunca mais vou te perder, você é minha, eu tô aqui, vou estar sempre com você, vou te tirar daqui, te levar comigo…”, diz Daniel, entre beijos afobados, desesperados de saudade.

Paula pede que ele não fale mais nada, apenas a abrace. E assim o casal fica, por minutos. Abraçados, em silêncio, pensando no tempo que perderam e no difícil caminho que têm pela frente.

As cenas serão exibidas à partir desta quarta-feira, dia 01/08.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here